O que são bancos comerciais e como trabalhar em um?

bancos comerciais
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Os bancos comerciais são conhecidos pela grande maioria da população que necessita de seus serviços diariamente — seja para realizar pagamentos, transferências ou até mesmo para buscar empréstimos e financiamentos.

Com os bancos comerciais, necessidades financeiras de curto, médio e longo prazo da população são atendidas. E por conta dessa grande demanda, os profissionais que trabalham em bancos comerciais costumam ter um mercado de trabalho bastante valorizado.

O que são bancos comerciais?

Os bancos comerciais são instituições privadas ou públicas com o objetivo de atender financeiramente pessoas físicas, comerciantes, indústria e empresas prestadoras de serviços.

Entre as atividades oferecidas pelos bancos comerciais, temos:

  • Empréstimos e operações de crédito;
  • Emissão de meios de pagamento (cheques e cartões);
  • Cobranças;
  • Transferências de fundos;
  • Recebimentos de impostos e tarifas públicas;
  • Aluguel de cofres;
  • Custódia de valores;
  • Serviços de câmbio.

Portanto, além das corretoras, os bancos comerciais cumprem um papel muito importante para toda a economia nacional.

Ser um profissional certificado é o melhor passo para começar sua carreira em um banco. Confira nossos cursos e se prepare da melhor forma para tirar sua certificação!

Qual a função dos bancos comerciais?

Como visto, as atividades dos bancos de varejo têm o objetivo de prestar apoio a pessoas físicas e jurídicas. Para isso, ele oferece produtos e soluções direcionados a cada tipo de necessidade financeira.

Dentro disso, estão inclusas atividades de concessão de crédito, captação de depósitos e possibilidade de poupança. No entanto, comparada com outras opções de investimento, ela acaba sendo uma alternativa não vantajosa, já que rende abaixo da inflação.

Atualmente, serviços que antes eram prestados exclusivamente nas agências bancárias, como pagamento de faturas e transferências, podem ser utilizados através do telefone ou internet banking.

O que é preciso para trabalhar em um banco comercial?

bancos comerciais

Além de ser sinônimo de status, trabalhar em banco é algo bastante valorizado no mercado. Mas para isso, para alcançar um contrato com uma boa função, é necessário possuir um certificado da ANBIMA.

Ele promove a qualificação para trabalhos com serviços de investimento, sendo um grande diferencial para os profissionais da área financeira.

A certificação CPA-10 a certificação CPA-20 demonstram que o profissional é competente e possui bons conhecimentos sobre a área, podendo ser promovido a cargos importantes dentro dos bancos. Em geral, a remuneração dos funcionários certificados fica entre R$2 e R$6,5 mil.

Quer tirar a certificação CPA-10 ou a CPA-20? Confira os cursos da Certifiquei e se prepare para o exame com o suporte dos melhores profissionais do mercado.

A depender da função e do setor do banco a remuneração pode alcançar cifras ainda maiores. Na área de private banking, a qual é o setor do banco que é destinado aos clientes mais ricos, costumam pagar salários melhores em comparação às demais áreas.

Quais são as melhores graduações para trabalhar em bancos?

Ao contrário do que muitos pensam, existem espaços para diferentes profissionais dentro dos bancos comerciais.

Para os cargos mais altos, envolvidos com as questões financeiras da instituição bancária, as graduações requeridas costumam ser:

  • Economia;
  • Ciências contábeis;
  • Administração;
  • Matemática.

No entanto, como qualquer empresa, existem ainda vários outros setores a serem preenchidos por profissionais de:

  • Logística;
  • Recursos Humanos;
  • Processos Gerenciais;
  • Engenharia;
  • Gestão Financeira;
  • Comunicação Social;
  • Estatística;
  • Direito;
  • TI;
  • Marketing.

Portanto, é possível trabalhar em bancos mesmo sem alguma formação ligada às finanças. No entanto, esse sempre será um importante diferencial, devido à grande concorrência entre as vagas ofertadas.

Quer trabalhar no mercado bancário? A Certifiquei oferece os melhores cursos preparatórios para você tirar a sua certificação. Confira!

Dicas para trabalhar em bancos comerciais

Existem alguns pontos muito importantes para quem tem o objetivo de trabalhar em um banco comercial:

Procure por experiência durante a formação

É comum que, logo após a graduação, a quantidade de experiência na área financeira seja baixa. No entanto, existem alternativas para que seja possível se diferenciar entre os concorrentes.

Estágios em empresas, mesmo que de forma voluntária, tornam os profissionais mais preparados para lidar com a hierarquia de ambientes formais. Além disso, contribuem para a familiarização acerca das finanças.

Tenha conhecimentos em inglês

Mesmo não sendo um requisito para funções mais básicas, o conhecimento em inglês é fundamental para quem quer desenvolver sua carreira em um banco. O inglês costuma ser exigida não somente pelos bancos americanos, já que alguns relatórios ou termos técnicos podem ser desenvolvidos na língua inglesa.

Portanto, caso seu nível de conhecimento seja básico, é importante desenvolvê-lo através de um curso. Caso seu tempo seja curto, existem diversas opções online por um preço ainda menor.

Busque por habilidades complementares

Assim como qualquer empresa, os bancos buscam pessoas com boas relações interpessoais — principalmente nas funções que envolvem contato com o público e venda de produtos. Portanto, é interessante desenvolver habilidades como liderança, comunicação e pró atividade.

Vale lembrar que, mesmo que você possua uma graduação, boas certificações e intercâmbios, é importante saber como se comportar antes e depois do processo de seleção dos bancos comerciais.

 

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas