TED e DOC: entenda a diferença entre essas operações bancárias

ted e doc
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Fazer uma transferência bancária é algo cada vez mais prático por conta dos aplicativos de internet banking. O que antes exigia o deslocamento até a agência, hoje pode ser resolvido com um simples TED e DOC online.

Os TED e DOC funcionam como transferências virtuais bancárias que podem ser realizadas entre empresas e/ou pessoas físicas. Entender bem essas funções é essencial para quem deseja trabalhar em banco.

O que é TED e DOC?

TED e DOC consistem em operações financeiras responsáveis pela transferência de valores entre contas de instituições financeiras e bancárias.

O objetivo disso é enviar a quantia desejada sem precisar fazer o saque do dinheiro. Assim, sendo modalidades mais seguras para a população.

Como funciona a TED?

A Transferência Eletrônica Disponível (TED) foi criada em 2012 para agilizar o processo de transferência bancária.

Ela não possui um valor máximo e, caso seja realizada em um dia útil, é possível que o dinheiro seja recebido no mesmo dia (D+0). No entanto, essa operação tem como horário limite as 17hrs para ser executada. Após isso, a compensação (depósito) é feita apenas no próximo dia útil.

Como funciona o DOC?

ted e doc

O DOC (Documento de Ordem de Crédito) é uma modalidade de transferência bancária que é exclusiva para instituições vinculadas ou autorizadas pelo Banco Central. Sendo criado antes da TED, ele possui algumas limitações se comparado à essa forma de transferência.

Com o DOC bancário, é possível realizar transferências de até R$4,999,99. Geralmente, essa operação leva até um dia útil para ser concluída. Portanto, é improvável que um depósito em formato de DOC compense no mesmo dia (D+1).

Quer trabalhar no mercado bancário? A Certifiquei oferece os melhores cursos preparatórios para você tirar a sua certificação. Confira!

Qual a diferença entre TED e DOC?

A principal diferença quando falamos de DOC ou TED está nas suas características de compensação e algumas limitações. Em um TED, é muito provável que o dinheiro seja compensado dentro de apenas algumas horas (dentro de um dia útil, até as 17hrs).

Já em um DOC, o dinheiro só entra para a conta do destinatário dentro do prazo de um dia útil. Dessa forma, tornando a operação desvantajosa se há uma necessidade mais urgente de uso da quantia.

Outra grande diferença entre TED e DOC é o limite de transferência, que não existe no caso do TED. Portanto, para aqueles que desejam transferir altas quantias, o TED é a única opção de transferência online.

Semelhança entre TED e DOC

O único ponto semelhante entre as duas formas de transferência é o seu estilo e despacho, que quando não autorizado, pode ser cancelado.

Isso, no entanto, só é feito quando os dados são informados de forma incorreta por quem deseja enviar o dinheiro.

Custos do TED e DOC

Algumas instituições financeiras e bancárias permitem TEDs e DOCs gratuitos, ou seja, sem a cobrança de taxas adicionais. Dentre elas, as principais são os bancos digitais e as casas de corretagem. A ausência de taxas inclusive, é uma das principais características das fintechs.

No entanto, a maioria dos bancos comerciais cobra tarifas e valores que custam entre R$10 a R$20 por cada transferência.

Ser um profissional certificado é o melhor passo para começar sua carreira em um banco. Confira nossos cursos e se prepare da melhor forma para tirar sua certificação!

O que é preciso para fazer uma operação de DOC ou TED?

Para realizar TED e DOC, basta se direcionar até uma agência bancária ou utilizar o internet banking para acessar sua conta.

Após isso, na área “Transferência”, alguns dados são exigidos para fazer TED e DOC, como:

  • Nome completo do beneficiado ou razão social da empresa (aqueles que receberão a transferência);
  • CPF (no caso de pessoa física) ou CNPJ (no caso de pessoa jurídica);
  • Dados bancários do beneficiado: código do banco, agência e conta;
  • Modalidade de conta: se é uma corrente ou conta poupança.

Para que a transferência em TED ou DOC seja realizada de maneira correta, é preciso que os dados sejam preenchidos perfeitamente. Caso contrário, a transação pode não ocorrer ou, ainda pior, ser feita para um destinatário indevido.

Nesse caso, é preciso cancelar o agendamento ou, se necessário, entrar em contato com seu banco. É importante lembrar que, no caso do DOC, se a transferência for cancelada, o valor enviado pode levar até dois dias úteis para retornar para sua conta.

Por isso, é preciso prestar bastante atenção ao optar por TED e DOC. Assim, evitando dores de cabeça com essas modalidades de transferência bancária.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas