Fundo balanceado: saiba mais sobre este tipo de fundo

Fundo balanceado: saiba mais sobre este tipo de fundo
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

No mercado financeiro o investidor tem a opção de investir em uma série de fundos de investimentos, sendo que estes podem se diferenciar por classes, estratégias, rentabilidade, entre outros aspectos. Dessa forma, compreender o funcionamento dos mesmo é útil, sendo que, dentre estes, o fundo balanceado merece destaque.

O que não é à toa, afinal o fundo balanceado pode ser uma alternativa interessante para investidores que estão buscando se acostumar a investir em capital de risco, tendo certo controle da situação.

Conquiste as certificações do mercado financeiro! Acesse agora o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

O que é o fundo balanceado

Os fundos balanceados são fundos de investimentos cujo foco está voltado para ativos financeiros de diferentes classes, se tornando uma categoria de investimento multimercado.

Dessa forma, em um fundo de investimento deste tipo é possível encontrar, por exemplo:

  • Ações;
  • Debêntures;
  • Títulos do governo;
  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Certificado de Depósito Interbancário (CDI);
  • Entre outros.

Sendo assim, é mais comum que este fundo seja composto por uma mistura de ativos de renda fixa e renda variável, tendo como objetivo aliar rentabilidade e segurança aos seus cotistas.

Dessa forma, esta se torna uma opção interessante para o investidor que deseja aumentar sua exposição aos riscos do mercado.

Todavia, é importante compreender como funciona este tipo de fundo de investimento antes de adquirir as cotas do mesmo.

Funcionamento

Como visto até aqui, este tipo de fundo faz parte do grupo de ativos multimercado, isto é, um fundo composto por ativos de diferentes classes.

Contudo, existem regras para se realizar o balanceamento, sendo possível destacar três pontos. São eles:

  1. Orientação prévia sobre os ativos que devem fazer parte da carteira;
  2. Definição prévia da proporção em que cada um destes ativos estarão presentes;
  3. Alavancagem financeira não é permitida neste tipo de fundo de investimento.

Assim como os fundos multimercado, existem uma série de regras para que um fundo de investimento seja enquadrado como balanceado.

Ou seja, é necessário que haja clareza sobre o porquê das escolhas dos ativos que formam o portfólio de investimentos do fundo.

Ebook Trilha de estudos Ancord

EBOOK GRATUITO | Trilha de estudos Ancord

Baixe o ebook gratuito para saber o que e como estudar para a prova de certificação Ancord

Ebook Trilha de estudos Ancord

EBOOK GRATUITO | Trilha de estudos Ancord

Vantagens e desvantagens do fundo balanceado

Fundo balanceado: saiba mais sobre este tipo de fundo

Do mesmo modo que grande parte dos investimentos do mercado financeiro, existem vantagens e desvantagens ao se investir em um fundo balanceado.

Portanto, é útil para o investidor compreender tais pontos.

Vantagens

Inicialmente, é possível destacar a diversificação possibilitada por este tipo de fundo, pois não há uma classe de ativos fixa no portfólio.

Outro ponto favorável é que existem diferentes balanceamentos entre os fundos deste tipo.

Ou seja, é possível encontrar carteiras de investimentos com enfoque maior em renda variável ou em renda fixa.

Além disso, o detalhamento sobre o porquê das escolhas de cada ativo é outra vantagem, sendo que o investidor terá maior acesso às informações antes de escolher uma opção de fundo.

Desvantagens

Enquanto, como principal desvantagem é possível citar as limitações sobre este tipo de fundo, afinal é necessário seguir o regulamento do fundo antes de se tomar uma decisão.

Além disso, os fundos balanceados não podem ter alavancagem, limitando assim as possíveis atividades dos responsáveis.

Portanto, assim como este possui vantagens para sua categoria, algumas limitações do fundo balanceado podem ser um problema no momento do gestor de investimentos realizar suas atividades e aproveitar oportunidades.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas