Alavancagem: saiba mais sobre este mecanismo financeiro

Alavancagem: saiba mais sobre este mecanismo financeiro
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Alguns termos são frequentemente repetidos dentro do mercado financeiro, todavia, nem sempre os investidores têm o real conhecimento sobre o seu significado. Entre os exemplos que se encaixam nesta quesito, pode-se colocar alavancagem.

Ainda que tenha grande relevância no mercado, inclusive para profissionais da área, muitas pessoas da área ainda desconhecem o que é alavancagem. Operação que ganha mais destaque quando analisado que este assunto é cobrado nos exames de algumas certificações financeiras.

O que é alavancagem

A alavancagem é uma prática que pode ser aplicada tanto em empresas em suas operações, quanto na bolsa de valor, com investidor, sendo que o objetivo é aumentar a capacidade de capital de um negócio, mesmo que o mesmo não disponha do mesmo para tal.

Como é possível perceber, a ideia aplicada neste mecanismo é semelhante ao conceito de alavanca.

Ou seja, através da aplicação financeira é possível aumentar a força de um negócio ou investidor, assim aumentando suas chances de um resultado favorável, sem que o mesmo tenha que realizar tanto esforço para se chegar aquele resultado.

Todavia, é necessário entender que os empréstimos são o modo mais comum de se conseguir está força “extra”, sendo que este valor pode ser captado por meio de investidores e instituições financeiras.

Dessa forma, é possível perceber que a alavancagem está diretamente relacionada ao endividamento.

Tão importante quanto entender o conceito por trás deste mecanismo, é definir melhor os tipos de alavancagens possíveis.

 Tipos de alavancagem

Como foi apontado, está prática pode ser aplicando tanto dentro de uma empresa, quanto no mercado financeiro.

Assim, pode-se dividir em dois tipos de alavancagem, a alavancagem financeira e alavancagem operacional.

Financeira

Geralmente disponibilizada por instituições financeiras com foco no mercado financeiro, como corretoras, a alavancagem financeira é uma forma do investidor aumentar seus investimentos, sendo que a maior parte do valor não é “diretamente” dele.

Para ficar mais claro, imagine a seguinte situação: o investidor tem o interesse em investir em determinado ativo e sua ele possui R$5 mil.

Todavia, a alavancagem financeira disponibilizada para este investidor é de 5 vezes, sendo que este valor é determinado pela instituição financeira.

Assim, este investidor poderia investir até R$25 mil no ativo que tem desejo, caso utilize este mecanismo.

Contudo, é necessário reforçar que está é uma prática de risco, afinal, ao mesmo tempo que possibilita ganhos maiores, ele estará ficando mais exposto ao risco.

Operacional

Enquanto na alavancagem operacional o conceito é semelhante, porém, é necessário entender que sua aplicação é feita em um contexto diferente.

Normalmente, este mecanismo é utilizado quando um empreendedor deseja abrir ou expandir seu negócio, todavia, para que este processo aconteça, existe a necessidade de um aporte financeiro.

Isso é, este empreendedor não tem o capital necessário para operacionalizar aquele empreendimento, para isto ele recorre a empréstimos de terceiros.

Vale salientar que a busca pelas taxas mais equilibradas de juros é um processo relevante para aqueles que desejam realizar uma alavancagem operacional.

Entendido os tipos de alavancagens, faz-se necessário entender os contextos de suas aplicações.

5 passos para se inscrever na prova da ancord

EBOOK GRATUITO | 5 passos para se inscrever na prova da ANCORD

Baixe o ebook gratuito para conferir como realizar a prova de certificação ANCORD para tornar-se um Agente Autônomo de Investimentos.

5 passos para se inscrever na prova da ancord

EBOOK GRATUITO | 5 passos para se inscrever na prova da ANCORD

Contextos de aplicação

Como visto, exitem dois tipos de alavancagens. Compreendido isto, é necessário compreender os contextos de aplicação desta prática.

Aplicação em investimentos

Inicialmente, vale destacar que existem três exemplos de alavancagem financeira, isso é, esta ferramenta pode ser utilizada em três formas. São elas:

  1. Day Trade;
  2. Mercado futuro;
  3. Venda a descoberto.

No caso do Day Trade as operações de compra e venda de ações são realizadas no mesmo dia. Assim, a alavancagem possibilita com que o investidor consiga operar com uma quantidade de capital mais elevada, podendo assim ter maior rentabilidade.

Todavia, é necessário colocar na balança fatores como risco e o valor dos impostos relacionados a estas operações.

Já no mercado futuro, este mecanismo serve para aqueles que buscam aumentar sua rentabilidade com contratos ligados a investimentos em commodities e índices.

Novamente, o cuidado com os riscos deve fazer parte da análise.

Por fim, mas não menos importante, há como utilizar a alavancagem em vendas a descoberto, que é uma forma de investir através do “laguel” de uma ação.

Contudo, deve ficar atento ao se utilizar a alavancagem financeira neste tipo de modalidade, isso porque é necessário deixar uma parte do valor como garantia.

Aplicação em empresas

Entre os motivos que levam um empreendedor ou uma empresa a realizarem uma alavancagem operacional, estão:

  • Criação de um empreendimento;
  • Manter as operações do negócio;
  • Investimento na aquisição de novos ativos para a companhia;
  • Contratação de novos funcionários;
  • Diversificar o campo de atuação e os produtos;
  • Projetos de expansão.

Dessa forma, é possível compreender que mesmo estando atrelado ao endividamento, a alavancagem em empresas não indica algo ruim.

Isso porque é comum analisar o aumento do endividamento de um negócio como um fator de risco.

Todavia, nem sempre isto está certo, afinal o negócio pode estar aumento suas dívidas em troca de realizar as atividades citadas anteriormente.

Assim, cabe ao investidor ou profissional da área ficarem atentos à rentabilidade do negócio e se este valor é o suficiente para que o mesmo cumpra com suas obrigações.

Tenha uma trajetória de sucesso no mercado financeiro! Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

Importância da alavancagem para o profissional do mercado financeiro

Alavancagem: saiba mais sobre este mecanismo financeiro

Como foi possível perceber, a alavancagem é uma ferramenta que pode ser muito útil para investidores e empresas.

Não à toa, afinal este mecanismo possibilita com que esses atores tenham maior capacidade financeiro, o que consequentemente resulta em uma maior liberdade em suas ações.

Dessa forma, é possível perceber o porquê deste termo ser tão utilizado no mercado financeiro.

Assim, o profissional da área deve possuir o entendimento desta ferramenta e, especialmente, compreender o contexto no qual ela foi utilizada.

Isso serve tanto para analisar as finanças de uma empresa, quanto para realizar atividades no mercado no curto prazo.

Além disso, é importante a compreensão dos riscos que envolvem está prática, pois uma análise errada pode causar um prejuízo ainda mais elevado.

O que faz com que os cuidados sobre este tipo de negócio sejam necessários em todas as etapas de análises e projeções.

Portanto, é possível concluir que a alavancagem pode ser de uma ferramenta útil no momento de se realizar aplicações financeiras, porém é necessário se ter cuidado neste processo.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas