ANCORD: o que faz essa entidade e como tirar a sua certificação

ancord
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email


Para quem quer começar a trabalhar no mercado financeiro, é preciso ter conhecimento sobre diversos fatores, entre eles, a ANCORD. Essa é uma associação que funciona inclusive como representante das empresas atuantes nesse mercado.

A ANCORD é uma instituição importante não apenas para quem investe, mas também para os profissionais do mercado financeiro. Visto que ela é responsável inclusive pela emissão de certificações para agentes autônomos de investimento.

O que é ANCORD?


A ANCORD é a Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias. A principal atividade dessa associação é unificar e representar as empresas do mercado de capital e financeiro no Brasil.

Uma das funções da ANCORD é servir como uma fonte de conhecimento para profissionais do setor. Por exemplo, oferecendo cursos, treinamentos, certificações, direcionamento técnico e afins.

Além disso, a associação é a única autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a realizar o credenciamento de Agente Autônomo de Investimento (AAI) no país. Para conseguir a autorização para se tornar um AAI certificado, é necessário realizar uma prova promovida pela ANCORD, e aplicada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O que faz um agente autônomo de investimento?

As principais atividades de um AAI estão relacionadas a prospecção e captação de novos clientes, bem como:

  • Transmissão de ordens para negociação;
  • Informação sobre produtos de investimentos;
  • Auxílio nos processos operacionais das aplicações.

Mas, apesar de lidar diretamente com os clientes, o agente não pode realizar recomendações de produtos, apenas prestar informações sobre as ofertas disponíveis.  Isso pode ser um ponto positivo ou não, dependendo do ponto de vista do profissional.

Algumas pessoas gostam de trabalhar no mercado justamente para fazer recomendações de produtos, então, esse não seria o espaço mais adequado. De qualquer forma, é essencial ter conhecimento sobre todas as ofertas e a adequação de acordo com o cliente.

Além disso, outro fator importante de ressaltar é que, esse profissional não distribui diversos produtos. Esse é um ponto que o diferencia de um gerente de banco.

A certificação para agente autônomo é focada na ultra especialização, isso significa dizer que atua apenas com aplicações financeiras. Dessa forma, o seu conhecimento e auxílio se resume dentro desse contexto.

Onde um AAI pode atuar?

Antes de conhecer sobre a certificação ANCORD, é indispensável conhecer a área de atuação de um AAI. É preciso que haja um contrato com uma corretora ou distribuidora para atuar no mercado. Na maioria dos casos, os agentes autônomos são sócios ou funcionários de instituições de investimentos, e podem atuar com dois tipos de ativos:

  • Classificados como TVM (ex: renda variável);
  • Não classificados como TVM, exceto fundos de investimento (ex: tesouro direto).

Vale lembrar que, não é possível ser um agente contratado por mais de uma instituição. Por isso, é preciso avaliar bem o local em que se quer atuar. E claro, se preparar para a prova de certificação.

Certificação da ANCORD


ancord

A certificação da ANCORD é um ponto crucial para quem quer trabalhar como agente autônomo de investimento. Portanto, é imprescindível ter um entendimento claro sobre os aspectos dessa documentação.

Através da prova da ANCORD, é possível verificar os conhecimentos e habilidades dos candidatos a exercer a profissão. Para realizar a prova, não é preciso ter experiência na área ou diploma de ensino superior, é preciso apenas que tenha o certificado de conclusão do ensino médio.

As inscrições são feitas pela internet e o exame tem a duração de 2h30 e é composto por 80 questões objetivas de múltipla escolha. O exame aborda conteúdos relacionados aos investimentos e ao mercado financeiro.

O conteúdo programático é dividido em 15 módulos, podendo destacar alguns, como:

  1. A Atividade do Agente Autônomo de Investimento;
  2. Ética Profissional e Aspectos Comportamentais;
  3. Fundamentos de Economia;
  4. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional – SFN;
  5. Outros Fundos de Investimento Regulados pela CVM;
  6. Securitização de Recebíveis;
  7. Clubes de Investimento;
  8. Matemática Financeira.

Para conseguir ser aprovado, é preciso ter o acerto de, no mínimo, 70% da prova. Com algumas especificações de, no mínimo, 50% de acertos em determinados capítulos do exame. É possível ter acesso a toda a grade através do site da instituição.

Quer trabalhar no mercado financeiro? O Certifiquei oferece os melhores cursos preparatórios para você tirar a sua certificação. Confira! 

Custos e remunerações de AAI

Além do valor de inscrição do exame, que custa acima de R$400, é preciso pontuar que existe uma taxa trimestral que deve ser paga para a CVM pelos AAI’s. Para isso, existe uma tributação diferente para atuações como pessoa física ou jurídica. Então, a profissão é algo que exige um grande leque, não apenas para o conhecimento, mas também financeiro.

Nem todas as profissões do mercado financeiro se encaixam nessa realidade devido à falta de previsibilidade de receita. Não existe um salário fixo, todo o retorno financeiro acontece de acordo com a capacidade de prospecção e dinamização da carteira de investimentos.

Assim, quem quer se tornar um profissional certificado pela ANCORD, precisa estar sempre em busca de melhorias e conhecimentos amplos. Dessa forma, buscando atender os clientes e retendo a relação para o longo prazo.

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO | Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Baixe agora nosso ebook gratuito para descobrir o que você precisa para conseguir uma oportunidade no Mercado Financeiro!

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO |
Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Solicitação do certificado de habilitação

Após a aprovação no exame, a solicitação do certificado de habilitação deve ser expedida pela ANCORD após 5 dias úteis do recebimento da documentação exigida (ex: certificado de conclusão do ensino médio).

Vale a pena tirar a certificação da ANCORD?


A escolha por atuar nesse segmento do mercado financeiro é muito pessoal, mas assim como qualquer outra função, é preciso ter algumas habilidades para se sair bem na área, como:

  • Conhecimento sobre o mercado;
  • Boa comunicação;
  • Perfil empreendedor.

Se houver uma identificação com as características solicitadas para esse tipo de profissional, vale a pena tirar a certificação e ir em busca de espaço no mercado de trabalho.

É inegável que existe, cada vez mais, uma busca por profissionais que estão dentro do contexto do mercado financeiro. E o empreendedorismo também vem se tornando quase que um pré-requisito para atuantes da área.

Por isso, em qualquer que seja a situação, atuante ou iniciante no mercado, é válido realizar cursos e ir em busca de certificações que garantam um diferencial de mercado.

Apesar de ser um exame necessário, para conseguir destaque, é crucial não se prender apenas à certificação da ANCORD. Até porque o mercado muda, as necessidades mudam e o profissional que não souber se movimentar nessas transições, acaba perdendo espaço de atuação.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas