Mercado de derivativos: conheças as opções de compra

opções-de-compra
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

O mercado de derivativos é um dos maiores do mundo e engloba diversos instrumentos, sendo um deles as opções. O mercado de opções se caracteriza pela possibilidade de operar com opções de compra e opções de venda.

As opções de compra são utilizadas, principalmente, em mercados de alta, uma vez que é possível operar de forma alavancada, mas com riscos menores do que em outros mercados.

O que é opção de compra?

As opções de compra são conhecidas no mercado de valores mobiliários como call option, sendo comumente utilizado só o termo “call” para as designar. 

Essas opções dão ao titular o direito de comprar o ativo objeto na data do vencimento, no caso de uma opção europeia e, ao lançador (quem vendeu a opção), a obrigação de vender o ativo na data de exercício.

Dentre as características de uma opção, tem-se:

  • Preço de exercício: preço acordado para exercício futuro;
  • Ativo objeto: é o bem, a mercadoria ou o ativo;
  • Titular: é quem está comprado na opção;
  • Lançador: é quem está vendido na opção;
  • Prêmio: valor pago pelo titular e recebido pelo lançador.

Trabalhe no mercado que mais cresce e remunera no Brasil! Conheça os cursos do Certifiquei e se qualifique para atuar no mercado de capitais!

Quais são os 3 tipos básicos de opções de compra que existem?

Dentro do mercado de opções o exercício é um dos maiores medos do investidor. Nesse sentido é essencial entender quais são os três tipos de opções disponibilizadas no mercado:

  • Opções europeias;
  • Opções americanas;
  • Opções asiáticas.

As opções europeias, que são a base do modelo de precificação de opções, caracterizam-se por seu exercício ocorrer somente na data de vencimento da opção.

Já as opções americanas, quando comparadas as europeias, são mais arriscadas, uma vez que seu exercício pode se dar a qualquer momento até o dia do vencimento do contrato.

Por fim, as opções asiáticas é a mais diferente entre elas, visto que seu exercício não depende do preço do ativo objeto na data do vencimento, mas sim de uma média de preços em um período de tempo.

Ebook Trilha de estudos Ancord

EBOOK GRATUITO | Trilha de estudos Ancord

Baixe o ebook gratuito para saber o que e como estudar para a prova de certificação Ancord

Ebook Trilha de estudos Ancord

EBOOK GRATUITO | Trilha de estudos Ancord

Qual o objetivo de uma opção de compra (call option)?

As opções de compra podem ser utilizadas de forma especulativa, uma vez que pequenos valores permitem uma exposição as variações no ativo objeto, as quais podem multiplicar em várias vezes o capital investido.

Entretanto, a sua principal função é permitir que o investidor que deseja comprar determinado ativo em uma data futura trave o preço, pagando um prêmio ao lançador, para que na data futura possa decidir pela compra ou não do ativo objeto.

Assim, no caso de a ação apresentar valor acima do preço de exercício, o investidor terá o benefício de comprá-la por um preço menor do que o do mercado e no caso de o preço estar acima do strike, o investidor perde o prêmio que pagou ao lançador.

Por ser um mercado muito grande e que permite especular, é um excelente termômetro para identificar se o mercado está acreditando em alta, quando existirem mais investidores com opções de compra, ou em baixa, quando existem mais opções de venda.

 

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas