Position Trade: entenda como investir com essa estratégia

position-trade
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Dentre as diversas formas de se investir na bolsa de valores, o position trade é uma das que tendem a favorecer os investidores que tem como princípios de investimento a análise técnica.

Dessa forma, o position trade é junto com o day trade e o swing trade as modalidades mais conhecidas de operação no mercado.

O que é e como funciona position trade?

O position trade é a operação onde o investidor irá identificar o potencial de retorno de uma ação no longo prazo aliando conhecimentos fundamentalistas e de análise técnica, principalmente a identificação de tendências.

Dessa maneira, caracteriza-se por ser uma estratégia que dura meses ou até mesmo anos, onde as pequenas oscilações de curto prazo não impactam o desenvolvimento da operação.

Em resumo, ele pode ser definido como a mistura do famoso buy and hold com toques de especulação ligados a identificação de tendências de mercado.

5 passos para se inscrever na prova da ancord

EBOOK GRATUITO | 5 passos para se inscrever na prova da ANCORD

Baixe o ebook gratuito para conferir como realizar a prova de certificação ANCORD para tornar-se um Agente Autônomo de Investimentos.

5 passos para se inscrever na prova da ancord

EBOOK GRATUITO | 5 passos para se inscrever na prova da ANCORD

Como funciona o position trade?

Agora que você já sabe o que é essa estratégia, é interessante entender como a estratégia funciona.

Nesse sentido, o position trade, por se tratar de uma forma de especulação na bolsa de valores, faz com que o investidor delimite os famosos stop-loss e stop-gain, para lucrar com a variação das ações.

Importante dizer que diferentemente do day trade, a operação utiliza espaços maiores de tempo, o que acaba demandando menos tempo do investidor e permite analisar tempos gráficos maiores em busca de tendências.

Além de utilizar a estratégia na compra de ações, muitos investidores utilizam a estratégia para realizar o lançamento coberto, o qual utiliza derivativos para rentabilizar o patrimônio.

Vantagens e desvantagens do position trade.

A estratégia permite ao investidor operar na bolsa de valores com as seguintes vantagens:

  • Custo menores,
  • Controle de riscos mais efetivo
  • Menor dispêndio de tempo

Por outro lado, o position trade sofre muitas influências do cenário nacional, intervenções políticas, do próprio setor de atuação da empresa e da empresa.

Quem pode operar Position Trade?

Na teoria, qualquer investidor no mercado de capitais pode estudar e aplicar a estratégia no dia a dia, entretanto essa operação é indicada àqueles investidores com perfil de investidor moderado.

Importante lembrar, que mesmo com as características de buy and hold, a estratégia apresenta maiores riscos por conta de sua característica de trade especulativo via tendências gráficas do mercado.

Assim, a estratégia, por apresentar maiores intervalos de tempo entre as operações, permite que até mesmo aqueles que tenham profissão que demanda dedicação integral possam ganhar dinheiro com o mercado.

Trabalhe no mercado que mais cresce e remunera no Brasil! Conheça os cursos do Certifiquei e se qualifique para atuar no mercado de capitais!

Como fazer Position Trade?

Para que seja possível utilizar a estratégia é necessário abrir a conta em uma corretora e, ter noção sobre:

  1. Análise técnica
  2. Análise fundamentalista
  3. Renda variável

Após estudar essas grandes áreas do mercado e abrir a conta, o investidor deverá utilizar plataformas que lhe permitam analisar o gráfico de cotação das ações e colocar o stop loss e stop gain.

Assim, após iniciar o position trade, o investidor deverá acompanhar como a operação anda e identificar possíveis modificações na tendência das ações em que está realizado a operação.

 

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas