Preço e valor: conheça as diferenças destes dois conceitos

Preço e valor: conheça as diferenças destes dois conceitos
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Ainda que sejam dos termos “econômicos” mais conhecidos da população, nem todas as pessoas sabem as diferenças existentes entre preço e valor, especialmente no conceito por trás destas duas palavras.

Dessa forma, compreender as distinções entre preço e valor é um passo importante para todas as esferas da sociedade, indo desde o cliente até os grandes investidores do mercado. Não à toa, tal assunto é debatido entre profissionais da bolsa de valores, como é o caso do analista financeiro.

Deseja ter uma carreira de sucesso no mercado financeiro? Acesse agora o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

O que são preço e valor

Preço e valor: conheça as diferenças destes dois conceitos

Em suma, o preço é referente ao que o indivíduo paga por determinado produto ou serviço, enquanto valor é que se leva desta compra realizada.

Ou seja, quanto maior for o valor agregado de determinado negócio, isto é, mais os clientes vejam aquele produto como diferente, maior será a vantagem competitiva deste negócio.

Para isso, é importante se considerar três pontos, são eles:

  1. Concorrência do setor;
  2. Produto ou serviço oferecido;
  3. Disponibilidade no mercado.

Assim, ao conseguir produzir algo de valor, é possível aumentar o preço daquele bem ou serviço, o que, consequentemente, aumenta a margem de lucro do negócio.

Dessa forma, é importante entender separadamente estes dois conceitos e entender as diferenças entre preço e valor.

O que é preço

Preço é o montante de dinheiro cobrado por determinado produto ou serviço, sendo que este é um conceito material, isto é, de possível quantificação.

Dessa forma, o preço se torna um número de referência para os consumidores, servindo como base da lei de oferta e demanda.

Todavia, esta regra só é válida enquanto as singularidades do consumidor não entram na equação, pois, estas são mais subjetivas.

Assim, é possível definir que a elaboração do preço passa por alguns critérios, sendo possível destacar:

  • Margem de lucro esperada pelo vendedor ou empresa;
  • Poder aquisitivo dos consumidores;
  • Custo de produção e aquisição;
  • Valor cobrado por empresas concorrentes.

Ou seja, para se encontrar o preço justo de um produto ou serviço, é necessário considerar todos estes critérios e como cada um impacta neste montante.

Portanto, o vendedor, em grande parte das vezes, não definirá o preço de seu produto e serviços, mas sim o cliente e mercado que fazem tal papel.

Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro

EBOOK GRATUITO | Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro?

Baixe o ebook gratuito para conhecer as principais certificações do Mercado Financeiro e saber tudo sobre a profissão de Consultor Financeiro

Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro

EBOOK GRATUITO | Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro?

O que é valor

O valor é um conceito subjetivo, pois depende da necessidade das pessoas buscarem tal produto ou serviço.

Simultaneamente, é necessário destacar que o valor não é direcionado ao produto em si, mas ao impacto que tal ativo causa no consumidor.

Fator que interfere diretamente no valor de mercado que o negócio possui.

Ao analisar tal fato é possível perceber porquê o preço de determinado produto pode ter interpretações diferentes.

Por exemplo, uma camiseta pode ser considerada cara por um consumidor, enquanto, outro consumidor considera aquele preço justo.

Esta diferença de percepção se dá porque os dois indivíduos entendem que aquele produto tem um valor diferente.

Assim, é natural que empresas busquem melhorar o valor de seus produtos e serviços, pois, tal prática fará o negócio possuir vantagem competitiva frente à concorrência.

Portanto, saber utilizar preço e valor pode ser um diferencial grande dentro de um negócio, influenciando inclusive no market share apresentado pela empresa.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas