Reserva de oportunidade: entenda o que é e como fazer

Reserva de oportunidade: entenda o que é e como fazer
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

A reserva de oportunidade é comumente utilizada no Mercado Financeiro, por meio de um bom planejamento financeiro, por investidores que gostam de estar preparados para comprar ativos quando boas oportunidades aparecem.
Conforme as melhores práticas, a reserva de oportunidade é substancialmente diferente das reservas financeiras de emergência. Ainda assim, é fundamental ter ambas.

O que é reserva de oportunidade?

Reserva de oportunidade é uma reserva de dinheiro que servirá, como mencionado, para o momento em que boas oportunidades surgirem, como em casos de preços atrativos para a compra de ativos financeiros.
Ainda mais relevante: tenha em mente que tais oportunidades podem aparecer nos mais diferentes momentos de sua vida.
Seja como for, você poderá ter a oportunidade de residir no exterior ou, ao longo de uma baixa súbita na bolsa, investir em ações de empresas promissoras. Então, ao surgirem excelentes oportunidades, você não será obrigado a mexer nas suas economias para aproveitá-las.
Primordialmente, também não terá, com esse fundo de oportunidade, que retirar dinheiro da reserva de emergência a fim de aproveitar uma situação favorável. Por mais que sejam incertos esses momentos, você disporá de um capital aguardando pelas melhores oportunidades.
As reservas de emergências o salvarão de imprevistos. Já a reserva de oportunidade o permitirá desfrutar de quaisquer boas surpresas que se manifestem em sua vida.
A menos que não esteja interessado em contar com segurança e boas perspectivas, uma reserva de oportunidade será um recurso armazenado, rendendo alguns juros, esperando a hora certa de ser empregado.

Como criar sua reserva de oportunidade?

Para criar sua reserva de oportunidade, 3 características são importantes:

  1. planejamento;
  2. comprometimento;
  3. organização financeira.

A propósito, a sua reserva de oportunidade pode ser criada paulatinamente, seguindo as especificidades de sua condição financeira. Em contraste com outros modelos, você pode estipular um valor mensal a ser guardado.
Com o intuito de alimentar esse fundo, poderá acrescentar, mensalmente, valores adicionais e adequados ao seu padrão de vida. Então, é óbvio que os valores variarão de acordo com o indivíduo, bem como o preço de cada oportunidade.
Em primeiro lugar, os valores de sua reserva de oportunidade dependerão de sua situação financeira atual. Ainda que você não tenha suas finanças devidamente organizadas, poderá começar o quanto antes, criando primeiro uma reserva para emergências e, posteriormente, a de oportunidade.
Principalmente, não se esqueça da organização financeira e do compromisso, estabelecido consigo mesmo, de adicionar mensalmente, sem falta, os valores que estipulou.
Entretanto, por mais que pareça difícil começar, quando ótimas oportunidades surgirem, você não terá de se lamentar devido ao fato de não dispor dos recursos necessários para aproveitá-las.

Onde colocar a reserva de oportunidade?

Por certo, saber onde colocar a reserva de oportunidade é uma das principais dúvidas de quem toma essa decisão. A fim de superar essa dificuldade inicial, lembre-se de que os capitais devem estar aplicados em ativos com boa liquidez, pois, quando aparecer uma oportunidade, você já precisará movimentar os recursos.
Surpreendentemente para muitos que não estão acostumados a realizar uma gestão financeira estruturada, a liquidez se refere diretamente à rapidez com a qual é possível dispor do dinheiro investido. Em outras palavras, dentre as possibilidades, destacam-se:

Tesouro Direto

Há certas opções intrínsecas ao tesouro direto, de modo que é possível selecionar melhor, em conformidade com o seu planejamento financeiro.
Ao passo que esta é uma opção de investimento interessante, ela possui uma excelente liquidez e segurança, pois, basicamente, você emprestará dinheiro ao governo.
Fique atento às cobranças de taxas. As corretoras não costumam cobrar por investimentos desse tipo, entretanto, existe, ainda, a cobrança de taxa de custódia e imposto de renda.

Poupança

Assim como o retorno da poupança é algo extremamente baixo, essa opção de investimento ainda possui a maior liquidez. Comparar com o Tesouro Direto é inevitável. Os recursos, no Tesouro Direto, ficam disponíveis dentro de 24 horas.
Além disso, a poupança assegura a facilidade de, por exemplo, ir até o caixa eletrônico mais próximo e sacar diretamente, em espécie, o seu dinheiro. Ao mesmo tempo, tal possibilidade faz com que a poupança continue sendo viável e, até mesmo, a alternativa mais indicada para alguns perfis.

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO | Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Baixe agora nosso ebook gratuito para descobrir o que você precisa para conseguir uma oportunidade no Mercado Financeiro!

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO |
Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Qual a diferença entre reserva de oportunidade e reserva de emergência?

Desde que você não confunda os diferentes tipos de reservas, basta lembrar que a de emergência é, por óbvio, para atender os casos em que realmente ocorre algo inesperado.
A fim de que a distinção fique ainda mais clara: as oportunidades são as chances que torcemos para acontecer, enquanto as emergências são ocorrências totalmente alheias à nossa vontade.
Do mesmo modo, é preciso ter, na reserva de emergência, pelo menos seis meses de uma renda garantida, considerando o nível atual dos seus gastos.
Assim também, uma reserva de oportunidade não possui valores definidos, à medida que uma oportunidade pode ter os mais variados tipos de custos.
Bem como você esperará que algo bom aconteça, a reserva de emergência é o que assegurará as condições indispensáveis para estar preparado, desde um ponto de vista financeiro, para lidar com situações desagradáveis e/ou indesejadas.
Para exemplificar, então, a reserva de emergência pode ser utilizada para situações como:

  • perda de emprego;
  • adoecimento ou falecimento de pessoas próximas;
  • acidentes.

Por outro lado, a reserva de oportunidade pode ser útil em casos de:

  • um novo investimento em ações;
  • a compra de um imóvel ou bem material de alto valor;
  • uma viagem.

Como aproveitar as oportunidades de investimento?

Por fim, durante os períodos de crise, como o que atravessamos em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, é natural que novas oportunidades de investimentos apareçam.
Todavia, é altamente recomendável ponderar antes de comprar quaisquer ações, apenas porque estão baratas. Se acaso preferir, não deixe de fazer uma análise fundamentalista, ficando de olho nas organizações das quais pretende adquirir ações por preços abaixo de seus valores intrínsecos.
Assim sendo, sempre que houver algum tipo de crise, enquanto todos estiverem desesperados para vender suas ações a preços baixos, você aproveitará para comprá-las.
Mas é exatamente desse modo que grandes investidores, tais como Warren Buffet, agem – isto é, aproveitando todas as boas oportunidades. Semelhantemente, uma vez que tenha investido em negócios que, provavelmente, se recuperarão bem da crise, será possível obter grandes rentabilidades a longo prazo.
Todavia, é fundamental estar ciente que, antes disso, as cotações poderão baixar mais um pouco. Enquanto isso, considere utilizar a premissa de “comprar e segurar” (ou buy and hold”), viabilizando essa opção mediante a composição de sua reserva de oportunidade.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas