Buy and Hold: o que é essa estratégia e como utilizar?

Buy and Hold: o que é essa estratégia e como utilizar?
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Dentre as estratégias conservadoras de investimento que podem ser adotadas no mercado financeiro, uma das mais utilizadas por investidores de sucesso é o Buy and Hold.

No entanto, vale pontuar desde já que o Buy and Hold é uma estratégia que pode ser muito vantajosa, mas que é indicada apenas para investidores que buscam rendimentos a longo prazo.

O que é Buy and Hold?

Buy and Hold é o nome de uma estratégia de investimentos que tem como foco o retorno a longo prazo. A intenção é seguir o que a tradução do termo quer dizer: comprar e manter um ativo por tempo indeterminado enquanto ele ainda possui valor considerável.

Assim, a pessoa se beneficiará com os rendimentos e valorizações que esse papel pode apresentar no futuro. E é devido a essa razão que o aconselhado é que um investidor que adote esse tipo de estratégia não queira vender o ativo em um futuro próximo.

Uma forma vantajosa de agir é economizar em custos de transação, afinal, se houver menos operações a serem realizadas, o gasto com as negociações serão menores também, não acontecendo de forma desnecessária.

Além disso, não deve ser mantido algum ativo quando ele não apresenta mais qualidades de operações que o fizeram ser uma boa aplicação inicialmente.

Quais as vantagens oferecidas por essa estratégia?

Um ponto muito importante a ser elencado são as possíveis vantagens conquistadas por meio do buy e hold. A primeira delas é conseguir focar no que merece atenção, nesse caso são ativos desvalorizados de boas empresas.

Dessa forma, por meio da aplicação da estratégia buy and hold, o investidor passa a não se preocupar com movimentações de curto prazo.

Somado a isso, existe também uma redução nos custos de operação uma vez que, se forem feitas poucas compras e vendas, haverá menor gasto com:

  • corretagem;
  • taxas; ou
  • impostos sobre as ações.

Por último, um outro ponto positivo sobre esse tipo de investimento é a possibilidade de reinvestir os lucros, gerando uma maior renda.

Porém, um fator que pode deixar a estratégia menos proveitosa é a falta de conhecimento. Afinal, isso aumenta a possibilidade de riscos desse método.

Por isso, uma forte recomendação é estudar como o mercado funciona e sobre os principais ativos, ação crucial para tomar as melhores decisões nas situações que surgirem.

Por que utilizar essa estratégia de investimento?

Após elencar as vantagens oferecidas pelas ações buy and hold, vale pontuar que é possível conseguir bons resultados por meio dessa estratégia.

Sendo assim, se você se interessou por esse tipo de estratégia e deseja se tornar um investidor buy and hold, existem alguns passos que podem ajudar ao iniciar a aplicação de patrimônio:

  1. realize compras com uma certa periodicidade;
  2. procure manter os ativos diversificados em sua carteira, contando com o auxílio de um administrador de carteira se necessário;
  3. evite comprar fundos imobiliários ou empresas que não sejam de alta qualidade;
  4. se possível, sempre invista novamente os dividendos conquistados; e
  5. ao buscar as empresas, sempre opte por aquelas que possuem uma boa gestão e governança.

Lembre-se que acima de tudo é necessário muita paciência e estudo sobre o mercado como um todo para que o buy and hold seja uma estratégia benéfica para você. Para investir de maneira assertiva, se necessário, peça a ajuda de um consultor de investimentos.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas