VPL: conheça essa importante métrica de análise de investimentos

VPL: Conheça Essa Importante Métrica de Análise de Investimentos
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Quando se trata da análise de viabilidade de projetos de investimentos, uma das ferramentas mais conhecidas e utilizadas é o VPL.

Isso porque o VPL é uma das ferramentas mais eficazes no momento de se analisar as perspectivas de um projeto e se o investimento pode ser um bom negócio ou não. Dessa forma, essa métrica se tornou de comum utilização para investidores e profissionais do campo.

O que é o VPL?

O Valor Presente Líquido (VPL) é a métrica utilizada para mostrar qual o valor do fluxo de caixa naquele momento, levando em consideração as saídas e entradas de capital, também chamado de valor presente. Assim, através da fórmula do VPL é possível entender qual a diferença do investimento inicial subtraindo as entradas e saídas de recursos financeiros naquele momento.

O que faz dele uma das análises de viabilidade de projetos mais completa, afinal através desta métrica é possível estimar o retorno financeiro que determinado investimento poderá acarretar.

Para isso, o VPL leva em consideração a valorização que o capital poderá ter ao longo do tempo, permitindo chegar assim ao ganho real que o investimento obteve.

Ou seja, essa métrica permite, através do valor presente, chegar a um valor futuro.

Fórmula do VPL

A seguir vamos entender como é feito o cálculo do VPL.

Em primeiro lugar, temos a fórmula do VPL:

VPL = FC0 + FC1/(1+i)^(j+1) + FC2/(1+i)^(j+2) + … + FCn/(1+i)^(j+n)

  • FC = Fluxo de caixa;
  • j = Tempo de investimento;
  • i = Taxa de desconto.

Normalmente, o cálculo do Valor Presente Líquido é realizado através de uma calculadora financeira ou excel.

FC0

Normalmente o FC0 é o investimento que foi realizado na data atual.

No caso de uma análise empresarial, o FC0 pode representar o “start” em um projeto, a compra de um aparelho, modernização da infraestrutura, entre tantos outros fatores.

Já no caso dos investimentos do mercado financeiro, ele, geralmente, representa o aporte inicial.

Assim, é natural que esse índice sempre seja negativo, afinal ele representa uma saída de capital do caixa.

 FCi

O FCi representa o fluxo de caixa possibilitado, ou não, por aquele investimento inicial.

Em uma situação empresarial, o FCi  vai indicar no que aquele valor investido inicialmente resultou.

Caso seja positivo, vai representar as entradas que houveram no caixa, enquanto, se for negativo, indica os prejuízos causados pelo investimento realizado.

Da mesma forma, ele é empregado em investimentos “convencionais”, sendo que uma ação, por exemplo, tem a capacidade de ter aumentos e quedas em seu valor de mercado.

Resultado do cálculo

Existem três resultados possíveis para o cálculo do VPL:

  1. Positivo;
  2. Negativo;
  3. Neutro.

No primeiro caso, o “positivo”, o resultado do VPL indica que o investimento é um bom negócio, ou seja, possibilitará ganhos futuros.

Enquanto, no “negativo” a ideia é oposta, sendo que essa métrica indica que aquele investimento é de alto risco e poderá acarretar prejuízos.

Por fim, no “neutro”, o investimento não trará ganhos e prejuízos, assim a decisão de investimento cabe ao “gosto” do gestor ou investidor, podendo ser apenas uma decisão estratégica.

Importância do VPL para profissionais do mercado financeiro

VPL: conheça essa importante métrica de análise de investimento

Como já apontado neste texto, o conceito do VPL é um dos mais relevantes no momento de se analisar a viabilidade de um investimento, especialmente porque essa métrica considera o poder de compra do dinheiro ao longo do tempo.

Dessa forma, é natural que esse método seja de extrema importância também para os profissionais do mercado financeiro, casos de posições como a de analista de investimento, gestor de investimentos, consultor financeiro e tantas outras.

Afinal, a fórmula do VPL permite ao profissional perceber se seu rendimento foi real, isto é, o dinheiro apresentou valorização mesmo diante dos índices de inflação do período.

Todavia, essa não é a única vantagem desse método para os profissionais da área.

Assim, pode-se citar também:

  • Versatilidade;
  • Cálculo;
  • Segurança.

Tem o sonho de trabalhar no mercado financeiro? Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO | Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Baixe agora nosso ebook gratuito para descobrir o que você precisa para conseguir uma oportunidade no Mercado Financeiro!

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO |
Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Versatilidade

Diferente de outros indicadores de rentabilidade, o Valor Presente Líquido é um cálculo que cabe em todos os tipos de fluxo de caixa.

Ou seja, essa métrica pode ser utilizada em um número maior de situações em comparação a indicadores semelhantes.

Cálculo

Ainda que seu cálculo seja complexo e de difícil realização manual, existem diversas ferramentas que auxiliam o investidor no momento de utilizá-lo.

Afinal, essa métrica é de comum utilização. Então, excel, calculadoras, aplicativos, ferramentas online, podem fazer o cálculo automaticamente.

Segurança

Talvez seja a principal vantagem dessa métrica ao investidor.

Isso porque o VPL é a diferença em valor do preço justo de uma ação, sendo que isso é medido diretamente no fluxo de caixa descontado de um ativo.

Dessa forma, caso o VPL seja negativo, o título estará sendo vendido por um preço maior do que ele realmente vale.

Enquanto, se o VPL é maior que zero, pode-se encarar que a ação está sendo vendida por um preço barato.

Por fim, vale ressaltar que essa métrica também possui algumas desvantagens.

Desvantagens do VPL

Mesmo sendo uma das métricas de maior eficácia, existem alguns pontos fracos na análise através do Valor Presente Líquido.

O VPL é naturalmente maior em projetos que envolvam um montante de dinheiro mais elevado, assim essa métrica passa a sensação que iniciativas grandes tendem a ser um negócio melhor para se investir.

Todavia, nem sempre é assim e existem diversas iniciativas com menos recursos que podem ser mais rentáveis.

Além disso, não é possível utilizar o Valor Presente Líquido na comparação de um ou mais investimentos.

Ainda assim, o VPL segue como uma das métricas mais relevantes para se utilizar, tanto no âmbito empresarial, quanto para os mais diversos perfis de investidor.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas