Yield to maturity: conheça a importância deste indicador

Yield to maturity: conheça a importância deste indicador
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Uma prática recorrente entre os investidores do mercado financeiro, em especial os que têm foco em renda fixa, é buscar mensurar qual valor que seu investimento renderá até seu vencimento. Para isto, um dos métodos de análise mais utilizados é o yield to maturity.

Isso porque o yield to maturity é um indicador cujo propósito é indicar o quanto determinado investimento renderá até seu vencimento. Assim, é um método utilizado inclusive por profissionais da área, como o planejador financeiro, por exemplo.

Uma carreira profissional de sucesso no mercado financeiro pode estar mais perto do que você imagina! Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

O que é o yield to maturity

Yield to maturity (YTM), também conhecido como rendimento até o vencimento, é uma métrica que busca calcular a taxa de retorno que um investidor possui ao manter um título do mercado até a data do vencimento, isto é, o rendimento total daquele produto financeiro.

Para isto é considerado que tanto o investidor mantenha aquele negócio até seu vencimento, quanto o emissor cumpra sua obrigação de pagar juros.

Dessa forma, este se torna um método útil para quem busca analisar seus investimentos.

Assim, entender como se calcula tal indicador se torna um passo relevante.

Fórmula

Inicialmente, vale destacar que existem quatro fatores que compõem o yield to maturity. São eles:

  1. Taxa de juros;
  2. Período de tempo entre o presente e a data de vencimento;
  3. Valor pago pelo título;
  4. Valor do resgate.

Vale destacar que o quarto ponto é referente ao resultado do YTM.

Assim, para se chegar a este valor, é utilizada a fórmula do yield to maturity, que é a seguinte:

  • YTM = R+F-P/n/F+P/2

Sendo que:

  • R = valor pago de juros durante o período;
  • F = valor nominal do título;
  • P = preço que o investidor pagou pelo ativo;
  • n = período de manutenção daquele título.

Através destas informações, é possível chegar ao valor do YTM.

Além disso, como é possível perceber, este é um indicador voltado para análise de investimentos de renda fixa.

Ainda é útil destacar que existem instrumentos que possibilitam se chegar ao yield to maturity de modo mais direto, como, por exemplo, calculadoras financeiras e planilhas de excel.

Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor

EBOOK GRATUITO | Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor?

Baixe o ebook gratuito para conhecer tudo sobre o CNPI e saber como esta certificação pode te ajudar a investir melhor!

Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor

EBOOK GRATUITO | A melhor maneira de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

Importância do yield to maturity

Yield to maturity: conheça a importância deste indicador

Tão importante quanto entender a fórmula do YTM, é saber interpretar o resultado da mesma.

Inicialmente, vale destacar que esta métrica é voltada para investimentos de longo prazo, todavia expressa de forma anual.

Assim, é possível apontar que o YTM é a taxa interna de retorno (TIR) de um investimento, caso o investidor mantenha aquele título até o seu vencimento.

Dessa forma, ao se utilizar este indicador o investidor terá a noção de quanto aquele produto renderá-lhe ao longo de cada ano.

Portanto, se o resultado da fórmula indica um número elevado, pode-se considerar aquele negócio interessante.

Todavia, é indicador que o YTM seja utilizado junto de outros indicadores. Afinal, existem alguns pontos que não são “cobertos” por tal método.

Assim, ao se utilizar ele acompanhado de outras métricas é possível ter um retrato mais fiel daquele negócio.

Algo que ganha ainda mais peso, quando é entendido a importância que o yield to maturity possui para uma análise mais eficiente de aplicações financeiras em investimentos de renda fixa e voltados para o longo prazo.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas