Ação Fracionada: Saiba Mais Sobre Este Tipo de Ação

Ação fracionada: saiba mais sobre este tipo de ação
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Ao longo dos anos a bolsa de valores brasileira foi atraindo cada vez mais investidores, sendo que diferentes motivos corroboram para tal cenário. Vale destacar que entre estes pontos que serviram para popularização do segmento, a ação fracionada está entre as principais.

Isso porque a estrutura da ação fracionada possibilita a negociação de ativos financeiros sem envolver uma grande quantidade de capital no processo, assim permitindo com que mais pessoas consigam ter uma renda ativa por meio dos investimentos em ações.


Tenha uma carreira de sucesso na bolsa de valores! Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem busca os certificados da área. Confira!

 O que é uma ação fracionada

A ação fracionada é a negociação de ativos financeiros de modo inferior ao lote padrão, de 100 ações, isto é, no mercado fracionário é possível adquirir de 1 a 99 ações de determinada empresa.

Dessa forma, este ativo financeiro se torna mais acessível e democrático, pois é possível investir em determinado negócio sem que haja a necessidade de realizar um aporte financeiro alto.

Afinal, boa parte das empresas que negociam seus ativos financeiros são negociadas no mercado por lotes de 100 ações.

Assim, no mercado convencional, só é possível adquirir lotes de ações de empresas, fazendo com que o investimento seja elevado.

Ou seja, o mercado fracionário serve para que o investidor consiga adquirir ações de uma empresa sem que haja a necessidade de comprar uma quantidade mínima de ativos financeiros.

Portanto, é possível definir que as ações fracionadas impactam diretamente em três fatores para o investidor. São eles:

  1. Possibilidade de investir em ações através de um aporte baixo;
  2. Diversificação da carteira com diferentes tipos de ações;
  3. Democratização e flexibilização do mercado financeiro como um todo.

Como investir

Ainda vale destacar que o processo para se investir em ações fracionadas é semelhante ao investimento em lotes padrões.

Sendo assim, o investidor deve acessar o home broker, digitar o ticker referente ao ativo financeiro e, por fim, acrescentar a letra “F” ao final do ticker.

Por exemplo, o investidor que deseja adquirir uma ação fracionada da Petrobrás deve colocar o código PETR4F, ao invés de apenas PETR4.

Vantagens e desvantagens da ação fracionada

Ação fracionada: saiba mais sobre este tipo de ação

Do mesmo modo que grande parte dos investimentos da bolsa de valores, existem vantagens e desvantagens ao se investir em ações fracionadas.

Dessa forma, é importante que o investidor se atente a estes pontos antes de escolher um ativo financeiro para alocar seu capital em renda variável.

Vantagens

Entre as vantagens de se investir no mercado fracionado, existem alguns pontos de destaque, dos quais é possível citar, por exemplo:

  • Facilidade de diversificar uma carteira de investimentos com pouco dinheiro;
  • Possibilidade de investir em ações com poucos recursos;
  • Capacidade de aliar risco e retorno com a diversificação das ações presentes em um portfólio de investimentos;
  • Redução de riscos devido à possibilidade de realizar aportes baixos.

EBOOK GRATUITO | Guia Certifiquei: Seja um Analista de Investimentos

Baixe o ebook gratuito para conhecer tudo sobre o Analista CNPI e entender como se tornar o profissional mais completo do mercado!

Baixe o ebook gratuito para conhecer tudo sobre o CNPI e entender qual o diferencial em se ter essa certificação!

Desvantagens

Enquanto, entre as desvantagens das ações fracionadas, é possível destacar a liquidez como a principal.

Especialmente para investidores que buscam retorno no curto prazo, visto que as valorizações que ocorrem em períodos baixos não são elevadas.

Dessa forma, para se obter lucro com esta estratégia, é mais interessante que este perfil de investidor adquira lotes de ações.

Contudo, é importante frisar que esta desvantagem da ação fracionada não vale tanto para investidores de longo prazo, afinal, ao utilizarem indicadores fundamentalistas na análise, a ideia é que a liquidez de curto prazo não interfira tanto no investimento.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas