Diversificação: conheça mais sobre esta estratégia de investimentos

Diversificação: conheça mais sobre esta estratégia de investimentos
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Uma das maiores preocupações entre os investidores que estão começando a investir na bolsa de valores são os riscos do meio, todavia existem diferentes técnicas que reduzem as chances de ter prejuízos. Nesse sentido, conhecer a diversificação pode ser de grande utilidade.

Isso porque a diversificação é um modo de gerenciar os riscos dos investimentos que deseja investir, não à toa é uma técnica tão utilizada no mercado financeiro, ao ponto de ser um dos temas de estudos entre os profissionais que estão buscando certificações da área, como a CPA 10 e CPA 20.


Tenha uma carreira de sucesso no mercado financeiro! Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

O que é a diversificação

diversificação de investimentos é uma técnica utilizada para gerenciar os riscos existentes em um portfólio de investimentos, isto é, esta estratégia visa distribuir o capital investido em diferentes produtos, assim amenizando os efeitos causados pelas oscilações do mercado.

Dessa forma, esta técnica tem como base a construção de uma carteira de investimentos com diferentes tipos de produtos, sendo que através desta prática o risco do portfólio é reduzido.

Para isso, a ideia é que ao se investir em uma série de produtos diferentes, o investidor irá reduzir os riscos caso tivesse optado por escolher aportar capital em apenas um ou poucos ativos financeiros.

Assim, é natural que esta seja uma das técnicas mais utilizadas no mercado financeiro, pois é de grande eficiência no momento de se fazer um investimento se tornar mais seguro.

Portanto, tão importante quanto conhecer o que é a diversificação, é compreender os tipos de diversificações possíveis de se fazer no mercado.

Tipos de diversificação

Diversificação: conheça mais sobre esta estratégia de investimentos

Ainda que a diversificação de ativos seja uma estratégia recorrente no mercado financeiro, é necessário compreender que é possível fazê-la de diferentes maneiras.

Entre as mais comuns, é possível destacar três. São elas, as diversificações por:

  • Ativos;
  • Clase;
  • Geográficas.

Ativos

A diversificação por ativos é aquela em que a construção de uma carteira de investimentos é feita com produtos financeiros de diferentes classes, sendo que os mesmos podem estar presentes em diferentes proporções.

Dessa forma, é possível formar um portfólio que contenha investimentos das classes:

  • Fundo de Investimento Imobiliários (FII);
  • Ações;
  • Renda fixa;
  • Fundos de investimentos;
  • Moedas estrangeiras.

Além disso, vale destacar que o investidor deve ficar atento à liquidez e volatilidade destes produtos, buscando assim realizar o gerenciamento de risco.

Classe

A diversificação por classe tem como premissa diminuir a volatilidade através da construção de um portfólio por classes.

Assim, é comum que uma carteira construída com base nesta premissa seja estruturada equilibrando produtos de renda variável e renda fixa.

Dessa forma, é possível amenizar as perdas comuns na renda variável e, se feita de forma cuidadosa, potencializar os ganhos.

Ebook LGPD

EBOOK GRATUITO | 14 passos para adequar sua empresa à LGPD

Baixe o ebook gratuito e saiba como iniciar a adequação da sua empresa à LGPD!

Ebook LGPD

EBOOK GRATUITO | 14 passos para adequar sua empresa à LGPD

Geográfica

Por fim, mas não menos relevante, é possível ter uma carteira de investimentos diversificada com base na distribuição geográfica dos ativos.

Ou seja, o investidor que opta por este tipo de diversificação, busca formar o portfólio considerando o contexto econômico e social do país ou região.

Afinal, quanto mais estável for o contexto, maiores serão as chances do resultado ser positivo no longo prazo.

Portanto, este é um tipo de diversificação interessante para quem busca realizar a gestão da carteira de investimentos.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas