O que é o Mercado Financeiro e quais profissionais atuam nele?

Mercado financeiro
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Entender o que é o mercado financeiro e as demais características do segmento é fundamental para todos os indivíduos que possuem algum interesse em atuar direta ou indiretamente nesse mercado.

Por mais que seja complexo e exija uma grande dose de compreensão, o mercado financeiro está cada dia mais em evidência, já que grande maioria das pessoas estão demonstrando profundo interesse sobre o assunto.

O que é mercado financeiro?

Mercado financeiro é definido por ser um ambiente onde ocorre a compra e venda dos valores mobiliários, por exemplo:

  • Ações;
  • Títulos;
  • Câmbios;
  • Mercadorias.

Entretanto, para que essas atividades ocorram, há uma série de instituições envolvidas. A intenção, afinal, é sempre facilitar o encontro entre os agentes e também regular e fiscalizar todas as transações que, por sinal, são muitas.

Como, de fato, funciona?

Após entender de forma resumida o que é o mercado financeiro, fica muito mais fácil entender como ele funciona. Em suma, não é necessário estabelecer um contato, já que toda a mediação é feita através das aplicações da instituição financeira.

Assim, por exemplo, é possível investir o dinheiro dentro de um CDB, fornecer o dinheiro em questão para uma instituição financeira de modo que ela possa emprestar dinheiro para quem necessita, como um empresário que precisa de um capital para que o seu negócio gire.

Basicamente, é possível resumir a explicação em um ciclo de fácil entendimento. Quem possui recursos em abundância, pode emprestar para a pessoa que sofre com a escassez. Desde que, obviamente, ela tenha como pagar.

Além disso, o mercado financeiro também encontra-se dividido em três outros mercados. São eles:

  1. De crédito;
  2. Aberto;
  3. De câmbio.

Mercado de crédito

Dentro do mercado de crédito, encontram-se todos os empréstimos bancários. É dentro dele que existe um mercado onde as pessoas, que precisam quitar dívidas ou necessitam de um capital para executar qualquer projeto, solicitam um financiamento.

Para não parecer muito complicado ou distante da realidade de muitas pessoas, dentro do mercado financeiro também se encontra o cheque especial. Logo, a utilização do limite do cartão de débito também entra no mercado de crédito.

Mercado aberto

Já no mercado aberto, há o cuidado para com as empresas que negociam ações através da bolsa de valores. Assim, ele tem a importante função de regular a oferta e a demanda através dos papéis das companhias.

Mercado de câmbio

O mercado de câmbio é provavelmente o mais conhecido, já que o próprio nome sugere sobre o assunto que ele trata.

Ou seja, o mercado de câmbio é aquela plataforma de negociação de moedas estrangeiras e demais relações justas entre moedas de diversos países.

Principais instituições dentro mercado financeiro

Assim como qualquer outro segmento que possui empresas que se destacam, o mercado financeiro não é diferente.

Bacen

Conhecido como Bacen, o Banco Central do Brasil foi criado no final de 1964 e se caracteriza por ser uma autarquia do Sistema Financeiro Nacional, porém vinculada ao Ministério da Fazenda.

Além disso, o Bacen é considerado o principal banco de todo o país, já que é ele quem realiza a emissão de papel-moeda.

Comissão de Valores Mobiliários

A principal intenção da Comissão de Valores Mobiliários, ou CVM, é fiscalizar o mercado de valores mobiliários. Dessa forma, visa punir e restringir todas as instituições que descumprem com alguma das diretrizes estabelecidas.

Instituições financeiras

As instituições financeiras são todos os bancos comerciais, corretoras, cooperativas de crédito, entre outros.

Principais profissões do mercado financeiro

Muitas pessoas se sentem fortemente atraídas por trabalhar no mercado financeiro. Afinal, é um mercado em constante expansão e que ainda oferece salários realmente atrativos para quem visa uma qualidade de vida muito melhor.

Entretanto, é preciso que, além de se atrair pelo salário, o indivíduo tenha gosto por entender o mercado de forma aprofundada. De qualquer maneira, as principais profissões são:

1. Gestor de carteira

Um gestor de carteira é o profissional responsável por cuidar de uma carteira de investimentos.

Por isso, é extremamente necessário ter sensibilidade e habilidade para identificar as melhores estratégias. O salário desse profissional pode partir de R$ 15 mil e chegar até R$ 35 mil.

2. Analista de investimentos

Outra carreira muito popular é de analista de investimentos. Essa carreira permite um salário de R$ 15 mil a R$ 25 mil.

Ele é o profissional que atua realizando análises de ações e ativos, a fim de oferecer subsídios para as tomadas de decisões de outros profissionais da área, como o gestor de carteira.

3. Trader

O trader é o investidor que realiza operações de curto prazo e acaba ganhando dinheiro com elas. Ele atua aproveitando as oportunidades do mercado, por isso precisa ter fortíssimos e aprofundados conhecimentos sobre como, de fato, funciona o mercado financeiro.

O seu salário, entretanto, pode ir de R$ 15 mil a R$ 20 mil.

Formação para trabalhar no mercado financeiro

Para quem quer atuar na área, saiba que a formação para trabalhar no mercado financeiro vai muito além de somente uma certificação de ensino superior. Independente da área, é preciso obter certificações bem específicas e, muitas vezes, obrigatórias.

Logo, todo indivíduo que busca se especializar nesse mercado, precisa ter um currículo sempre atualizado com as devidas especializações. Por exemplo:

As certificações são vistas como uma forma de atestar a qualificação do profissional para que ele atue na profissão desejada.

Afinal, é preciso também saber negociar com qualidade, não ter medo de arriscar e se manter sempre atualizado das novidades do mercado, já que isso é fundamental e impacta profundamente a profissão.

Dicas adicionais para trabalhar no mercado financeiro

Para trabalhar no mercado financeiro, indica-se fortemente ter um ótimo entendimento da língua inglesa, já que grande parte das ações podem se mostrar estrangeiras. Além disso, saber se adaptar conforme o necessário também é fundamental.

Por fim, um dos principais requisitos para trabalhar no mercado financeiro é ter resiliência e maturidade emocional para saber trabalhar com metas e pressão por resultados.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas