Contango: saiba o que é a mudança nas curvas futuras

contango
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

O mercado futuro está intimamente relacionado a análise dos preços de commodities no futuro. Dessa maneira, entender alguns dos aspectos da dinâmica da curva futura, como o contango, é essencial.

O que é contango?

O contango é um termo em inglês que diz respeito aos mercados futuros, principalmente o de commodities. Nesse cenário, quando os preços dos contratos correntes são menores do que a expectativa para os preços futuros, o mercado entra em contango.

Com isso em mente, o contango indica para os investidores que o mercado aguarda alta para o preço do ativo no futuro.

Um exemplo claro de contango em preços de commodities ocorreu na década de 1970, quando o preço do petróleo, por conta dos choques que aconteceram, tiveram um aumento nos vencimentos futuros.

Quando o contango acontece?

Para que um mercado entre em contango é necessário que os seus preços correntes estejam menores do que seus preços futuros, o que pode ocorrer por motivos como:

  1. Redução na oferta de commodities
  2. Crises ligadas a produção
  3. Aumento da demanda maior do que o aumento da oferta

Nesse sentido, quando se fala em commodities, principalmente sua negociação em mercados futuros, a dinâmica dos preços futuros é um dos principais fatores para a tomada de decisão na hora de montar estratégias.

Com isso, como os preços futuros refletem as expectativas do mercado para o ativo, no mercado em contango se espera que o preço futuro aumente pois:

  • Juros maiores
  • Armazenamento mais caro
  • Seguro elevado
Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO | Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Baixe agora nosso ebook gratuito para descobrir o que você precisa para conseguir uma oportunidade no Mercado Financeiro!

Como trabalhar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO |
Como trabalhar no Mercado Financeiro?

Por que contango é importante?

Assim como a sua segunda face, o backwardation, o contango é vital na hora de refletir as informações a respeito da oferta e da demanda atual das commodities que estão sendo negociadas nos mercados futuros.

Soma-se a isso, o fato de que é possibilitado aos investidores em commodities identificarem se é ou não lucrativo manter suas posições de longo prazo.

Dessa forma, entender ambos os tipos de formato da curva de juros futuros proporcionarão ao investidor maior clareza e menores chances de perder dinheiro com as dinâmicas do mercado e as interações entre oferta e demanda.

Riscos do mercado futuro que podem ser reduzidos

O mercado de futuros é muito complexo e entender como a sua curva está se comportando é essencial. Nesse sentido, por conta de algumas características intrínsecas a esse mercado, o investidor deve redobrar os cuidados.

Isso ocorre, pois, esse mercado exige do operador uma responsabilidade ilimitada, uma vez que lhe é exigida uma margem inicial, a qual é consumida se o mercado vai contra sua estratégia.

Nesse sentido, se não souber identificar que o mercado está em contango e vender o ativo, a margem será consumida quando os preços começarem a subir.

Trabalhe no mercado que mais cresce e remunera no Brasil! Conheça os cursos do Certifiquei e se qualifique para atuar no mercado de capitais!

Considerações finais

Visto que mercado futuro é extremamente alavancado, existe um nível de especulação maior do que em outros mercados e exige garantias, o operador precisa entender e estudar as dinâmicas inerentes a esse mercado.

Nesse sentido, saber os impactos da curva de preços futuros em contango lhe permitirá reduzir riscos e ainda maximizar as chances de lucro em suas operações.

 

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas