Fundo de Investimento em Cotas: saiba mais sobre o FIC

Fundo de Investimento em Cotas: saiba mais sobre o FIC
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Uma parte considerável dos investidores do mercado financeiro utilizam a diversificação como forma de proteção de patrimônio. Assim, é natural que produtos como o Fundo de Investimento em Cotas se tornem uma alternativa para esta parcela.

O que não é à toa, afinal o Fundo de Investimento em Cotas é um tipo de produto do mercado com margem de segurança e que possibilita rentabilidade, dessa forma esta se torna uma alternativa para diferentes perfis de investidores e profissionais da área, como é o caso do consultor de investimentos.

Tenha uma carreira de sucesso no mercado financeiro! Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem busca os certificados da área. Confira!

O que é o fundo de investimento em cotas

O Fundo de Investimento em Cotas, ou FIC, é uma modalidade de fundo com foco em investimentos em outros fundos de investimentos, para isso é realizada a aquisição de cotas.

Dessa forma, um FIC busca sua rentabilidade com o valor das cotas que outros fundos de investimentos possibilitam aos investidores.

Ainda vale destacar que a Comissão de Valores Mobiliários, a CVM, determina que para se um fundo de investimento se encaixar neste perfil, o mesmo deve ter, no mínimo, 95% do patrimônio direcionado à aquisição de cotas de fundos de investimentos de mesma classe.

Ou seja, se o FIC tem seu foco em Fundos de Investimentos Imobiliários, pelo menos 95% deve estar alocado em FIIs, segundo a regra da CVM.

Enquanto, com os 5% restante, os administradores do Fundo de Investimento em Cotas podem realizar outros tipos de investimentos, como, por exemplo:

Portanto, é possível realizar uma diversificação entre os produtos do fundo, podendo aumentar a rentabilidade e a segurança do fundo.

Ebook LGPD

EBOOK GRATUITO | 14 passos para adequar sua empresa à LGPD

Baixe o ebook gratuito e saiba como iniciar a adequação da sua empresa à LGPD!

Ebook LGPD

EBOOK GRATUITO | 14 passos para adequar sua empresa à LGPD

Atrativos do Fundo de Investimento em Cotas

Fundo de Investimento em Cotas: conheça este produto financeiro

Assim como grande parte dos produtos financeiros, os FICs possuem vantagens e desvantagens, cabendo ao investidor analisar e ponderar tais aspectos.

De qualquer forma, entre os atrativos do Fundo de Investimento em Cotas, é possível listar alguns pontos:

  1. Comodidade;
  2. Rentabilidade;
  3. Riscos.

Comodidade

Inicialmente, vale destacar que um dos principais atrativos desta modalidade de investimentos é a comodidade para se investir na mesma.

Isso porque os FICs, assim como outros tipos de fundos, são geridos por profissionais da área.

Dessa forma, o principal trabalho do investidor é escolher uma opção que se encaixe em seu perfil e compras as cotas do fundo escolhido.

Além disso, este investimento tem um aporte inicial acessível, sendo possível comprar cotas a partir de R$50.

Rentabilidade

Existem uma série de Fundos de Investimentos em Cotas que possuem sua rentabilidade acima de 100% do CDI e da poupança.

Assim, este se torna um tipo de produto do mercado financeiro com rentabilidade interessante, podendo ser uma alternativa para diferentes tipos de investidores.

Riscos

Por fim, mas não menos relevante, estão os riscos do FIC.

Geralmente, os fundos de investimento representam menor risco ao investidor.

Dessa forma, este produto é de baixa exposição ao risco, protegendo assim o patrimônio de seus cotistas.

Portanto, o Fundo de Investimento em Cotas é uma opção a ser considerada pelo investidor que deseja realizar a diversificação de seus investimentos de forma segura.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas