Análise de investimentos: saiba mais sobre este importante recurso

Análise de investimentos: saiba mais sobre este importante recurso
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Para aqueles que buscam a independência financeira, investir no mercado financeiro tende a ser um caminho interessante, afinal este é um campo que possibilita renda passiva e retornos elevados. Contudo, para se obter bons resultados, é fundamental compreender o que é necessário para realizar a análise de investimentos.

Isso porque realizar a análise de investimentos possibilita ao investidor encontrar os “produtos” que encaixam melhor em seu perfil e terão maior possibilidade de trazer o resultado esperado. Tal prática é tão relevante, que é um dos temas cobrados em certificações para profissionais da área, como é o caso da CPA 20.

Tenha sucesso na bolsa de valores! Acesse agora o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem deseja as certificações da área. Confira!

O que é a análise de investimentos

A análise de investimentos é o conjunto de técnicas financeiras utilizadas por investidores e profissionais da área, visando determinar quais ativos financeiros são mais interessantes de acordo com o perfil de investimentos. Para isso, são considerados fatores como os riscos que envolvem aquele produto e o aporte financeiro necessário.

Portanto, compreender esses fatores são pontos necessários para aqueles que desejam investir com base em análise do produto.

Riscos

Inicialmente, vale destacar o ponto de risco que um investimento representa. Isso por este fator ser um forte auxiliador no momento de avaliar se um negócio é bom ou não.

Por exemplo, caso o ativo apresente um potencial de crescimento modesto, ainda assim um alto risco, este não é um bom negócio para se investir.

Todavia, ainda existem situações em que o tanto a potencial de crescimento do negócio, quanto os riscos também são. Nesse caso, este pode ser um investimento interessante de se fazer, ainda que represente ganhos menores.

Em resumo, é possível perceber o cenário em que quanto maior o risco, maio o retorno provável. Em contrapartida, quanto menor o risco, menores serão os ganhos.

Além disso, a análise de risco também é uma “ferramenta” útil no momento de se definir o perfil do investidor, pois a capacidade e disposição ao risco de cada pessoa que investe é diferente.

Existem pessoas que aceitam melhor a volatilidade do mercado, visando especialmente ganhos mais elevados em períodos menores.

Enquanto também há perfis que buscam atuar de modo mais seguro no mercado, ainda que isso interfira nos ganhos de curto prazo.

Caso o investidor ou profissional não faça uma análise detalhada dos riscos acerca do ativo e da sua capacidade em relação a este contexto, as hipóteses de se ter sucesso no investimento realizados se tornam baixas, podendo, inclusive, acarretar prejuízos e perdas de boas oportunidades.

Aporte financeiro

Tão relevante quanto entender o risco de um ativo, é avaliar o aporte financeiro que será realizado e a viabilidade para tal.

Vale destacar que o dinheiro investido pode ser tanto do investidor, como por terceiros, como é o caso de empréstimos e alavancagens financeiras.

Portanto, é importante que o investidor escolha um investimento que será capaz de lhe render o valor investido, mais o acréscimo de juros.

Para isso, compreender qual a aplicação financeira necessária para se chegar a este resultado é útil.

Contudo, é necessário reforçar que para se chegar a este resultado é necessário realizar uma série de análise, que considera fatores que vão desde o balanço de uma empresa, até o comportamento do mercado.

Para isso, entender algumas técnicas de análise pode ser relevante. Nesse sentido, é possível destacar algumas, como, por exemplo:

  1. Payback;
  2. VPL;
  3. TIR.

Sendo que está são apenas algumas das técnicas possíveis de utilizar no momento de se analisar um investimento e encontrar boas alternativas.

Análise de investimentos utilizada no mercado financeiro

Análise de investimentos: saiba mais sobre este importante recurso

 

Como visto até aqui, utilizar a análise de investimentos é uma prática indicada para que buscar obter resultados com determinados negócios.

No mercado financeiro é possível dividir está prática em duas formas: análise fundamentalista e análise técnica.

Portanto, compreender o básico do funcionamento de ambas é relevante para quem deseja estudar bons negócios disponíveis na bolsa de valores.

Análise fundamentalista

análise fundamentalista talvez seja o método de análise mais utilizado por investidores do mercado financeiro.

Em suma, este tipo de análise é baseado no estudo acerca dos fundamentos de uma empresa que negocia suas ações na bolsa de valores, sendo que no processo são considerados tantos dados qualitativos, quanto quantitativos.

No caso da parte quantitativa da análise, se busca determinar se o investimento vale ou não, com base no preço de sua ação, da perspectiva de crescimento do negócio e como o mercado no qual ela está inserido está.

Enquanto na parte qualitativa é considerado questões ligadas as qualidades da empresa e sua gestão.

Dessa forma, a análise fundamentalista considera os seguintes pontos que envolvem um negócio:

  • Perspectiva de crescimento apresentada pela empresa;
  • Situação financeira do negócio;
  • Vantagens competitivas que aquele empreendimento possui em seu setor de atuação;
  • Gestão corporativa da empresa;
  • Valuation.

Por fim, vale ressaltar que todo este conteúdo faz com que o investidor encontre, de modo mais seguro, ativos que tendem a valorizar ao longo de tempo, com menos risco.

Portanto, é um método muito utilizado por aqueles que investem pensando no longo prazo.

Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor

EBOOK GRATUITO | Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor?

Baixe o ebook gratuito para conhecer tudo sobre o CNPI e saber como esta certificação pode te ajudar a investir melhor!

Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor

EBOOK GRATUITO | A melhor maneira de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

Análise técnica

No caso da análise técnica, ou gráfica, as preocupações não são direcionadas aos fundamentos da empresa em análise.

Assim, as questões quantitativas e qualitativas são deixadas em segundo plano.

Dessa forma, este tipo de análise é baseado no estudo de gráficos e nas cotações dos ativos negociados na bolsa de valores.

Através da utilização dessas técnicas, o investidor ou profissional busca encontrar as tendências do mercado, isso é, prever os movimentos de alta e baixa da bolsa de valores.

Ou seja, com a utilização da análise técnica se busca renda através das oscilações do mercado financeiro e de saber aproveitar tais momentos.

Ainda vale ressaltar que esta análise é segmentada em três frentes. São elas:

  • Day trade;
  • Swing trade;
  • Position trade,

Sendo assim, investidores que buscam utilizar este tipo de método em seus investimentos, devem entender qual frente encaixa melhor em seu perfil.

Além disso, vale ressaltar que este é um método utilizado por investidores que desejam obter ganhos no curto prazo, sendo que o risco também é mais elevado.

Portanto, quem busca utilizar a análise gráfica como método de análise de investimentos deve ter consciência de sua aceitação aos riscos e estar preparado para à volatilidade do mercado financeiro.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas