Gestão da qualidade é essencial nos processos organizacionais

Gestão da qualidade
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Independente do ramo de negócios da sua empresa, ou a metodologia utilizada, a gestão da qualidade é essencial para ser bem-sucedido. Afinal, todos querem oferecer o que têm melhor para os seus clientes.

Vejamos, em seguida, como a estratégia de gestão de qualidade pode ser benéfica para sua empresa, como aplicá-la e quais os benefícios para seus clientes, para o seu negócio e seu ambiente de trabalho.

O que é gestão da qualidade?

Gestão da qualidade é uma estratégia de gerenciamento de negócio que tem com o objetivo melhorar os produtos e serviços de uma empresa para satisfazer as necessidades e superar as expectativas do cliente.

O objetivo do gerenciamento da qualidade é desenvolver uma visão generalizada da empresa e alinhar os conceitos e práticas àqueles que são reconhecidos mundialmente.

Para esse fim, é necessário direcionar todos os processos da organização para os sistemas de gestão da qualidade.

Pilares da gestão da qualidade

De acordo com a Organização Internacional de Normatização (ISO 9001), a gestão da qualidade e processos tem oito pilares fundamentais. São eles:

  1. Foco no cliente;
  2. Liderança proativa;
  3. Melhoria contínua;
  4. Decisão baseada em fatos;
  5. Boa relação com os fornecedores;
  6. Visão sistêmica;
  7. Gerenciamento por processos;
  8. Conscientização dos colaboradores.

Vejamos cada um desses fatores, em detalhes, a seguir.

1. Foco no cliente

Decerto, um dos principais objetivos da gestão de qualidade é a satisfação do cliente. Por isso, é essencial conhecer as necessidades do consumidor e personalizar os processos para atendê-lo de forma eficiente.

Nesse ínterim, também é importante ter recursos para receber feedback de forma eficiente.

2. Liderança proativa

Tão importante quanto a satisfação do cliente, é a liderança proativa. É responsabilidade dos gestores transformarem o ambiente em um lugar onde os colaboradores se sintam comprometidos e vejam o sucesso de suas tarefas.

De fato, quando os líderes incentivam seus colaboradores, a qualidade dos produtos e serviços oferecidos é impactada significativamente.

3. Melhoria contínua

Igualmente, para que a gestão de qualidade seja eficaz, é importante que ela seja constante. Por isso, os gestores precisam estar concentrados em melhorar cada vez mais o desempenho no ambiente de trabalho.

4. Decisão baseada em fatos

Decerto, tomar decisões baseadas em fatos é fundamental em um sistema de gestão da qualidade. Afinal, só é possível que nossas ações tenham os resultados esperados se as decisões forem tomadas com base em indicadores confiáveis.

5. Boa relação com os fornecedores

Ter uma boa relação com os fornecedores também é um dos pilares fundamentais para o gerenciamento da qualidade porque eles nos ajudam a satisfazer os clientes.

Então, quando o relacionamento entre comprador e fornecedor é benéfico para ambos, é mais fácil cumprirmos nossa missão: superar as expectativas do cliente.

6. Visão sistêmica

A fim de integrar os setores e estruturar os processos da organização, os gestores precisam ter uma visão sistêmica da empresa. Para isso, é necessário que os líderes vejam a empresa como um todo e pensem como cada mudança pode afetar toda a instituição.

7. Gerenciamento por processos

Logo após ter uma visão de geral da empresa, é a hora de estabelecer as metas e estratégias para melhorar os resultados da instituição.

Além disso, é preciso gerenciar as atividades e recursos da organização, monitorando e controlando os indicadores relevantes.

8. Conscientização dos colaboradores

Por fim, para que a gestão da qualidade gere impactos positivos na empresa, é necessário contar com a ajuda dos colaboradores. Por isso, eles precisam estar cientes e envolvidos nas estratégias, metas e resultados na instituição.

De fato, quando os colaboradores estão engajados e capacitados para alcançar os objetivos da empresa, será mais fácil agradar os clientes. Então, além de criar um bom ambiente de trabalho, os gestores devem investir na capacitação dos seus colaboradores.

Benefícios para as empresas

Quando aplicados de forma correta, os sistemas de gestão de qualidade trazem diversos benefícios para toda a empresa, já que abrangem desde a melhora do ambiente de trabalho até o aumento dos lucros.

Essa melhoria do desempenho da empresa acontece porque a implementação dessa estratégia alinha e integra os processos internos, bem como melhora o gerenciamento de recursos.

Além disso, essa estratégia de gerenciamento de negócio ajuda a satisfazer as necessidades e expectativas do cliente e ganhar a sua confiança.

Em contrapartida, ao seguir as melhores práticas reconhecidas internacionalmente, é possível melhorar os sistemas, processos e produtos da empresa, pois há consistência na produção.

Ademais, com a definição das responsabilidades de cada colaborador, há um aumento na produtividade, o que resulta em redução de gastos.

Como fazer uma gestão da qualidade eficiente?

Decerto, fazer o gerenciamento da qualidade é essencial para qualquer empresa. Porém, colocá-lo em prática nem sempre é fácil.

Em primeiro lugar, é preciso se planejar, avaliando quais processos e fatores devem ser monitorados. Assim, será possível definir quais as atividades necessárias para oferecer serviços e produtos de qualidade.

Em segundo lugar, é necessário conscientizar todos os colaboradores. Para esse fim, pode ser preciso reservar um tempo para dar treinamentos específicos. O ideal é que isso aconteça antes da implementação da padronização em processos.

Quando todos na instituição já estiverem cientes da nova cultura, é a hora de escolher o método mais adequado. Contudo, é importante fazer as mudanças de forma controlada e gradual. Assim, será mais fácil perceber como cada ação impacta a empresa.

Por fim, monitore constantemente os resultados da gestão da qualidade. Somente dessa forma será possível saber que o método escolhido foi o ideal para sua instituição.

Lean 6 Sigma e gestão da qualidade

Uma das metodologias que está mais relacionada à gestão de qualidade é o Lean Six Sigma. Esse método tem como objetivo melhorar o desempenho da empresa de três formas:

  • eliminar desperdícios;
  • reduzir as etapas e processos desnecessários;
  • diminuir a variação dos processos.

Quer iniciar sua certificação em Lean Six Sigma? Confira nosso curso White Belt gratuito para conhecer os principais conceitos dessa metodologia. 

Decerto, aplicar o Lean Six Sigma é uma maneira de melhorar a qualidade dos produtos e serviços de uma empresa. Além disso, por simplificar os processos, a metodologia permite identificar a raiz dos problemas e evitar que eles aconteçam, sendo um excelente aliado da gestão de qualidade.

Diego Souza
Diego Souza
Diego Souza é Engenheiro de Produção, especialista em Gestão de Processos. Atua em indústrias na área de Excelência Operacional há 7 anos, com experiência em treinamentos e orientações de líderes de projetos com foco em resultados tangíveis. Tem formação como Lean Six Sigma Black Belt e utiliza ferramentas quantitativas e qualitativas de forma prática no dia a dia para suportar a tomada de decisão. No Certifiquei, tem como missão difundir os métodos de solução de problemas para contribuir com a formação profissional dos alunos, auxiliando-os alcançar um novo nível em suas carreiras.

relacionadas