Guidance: saiba mais sobre este importante relatório financeiro

Guidance: Saiba Mais Sobre Este Importante Relatório Financeiro
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Para se ter sucesso no mercado financeiro, é importante que o investidor se informe sobre os indicadores de uma empresa, pois isto possibilitará maiores ganhos e evitar perdas. Nesse sentido, um dos documentos  mais relevantes ao investidor é o guidance.

Isso porque o guidance é um modo das empresas disponibilizarem informações internas sobre o negócio, aumentando assim a confiança do mercado sobre aquele tipo de investimento. Dessa forma, é comum que diferentes perfis utilizem estes dados, o que inclui profissionais da área, como o planejador financeiro, por exemplo.

Tem o sonho de trabalhar no mercado financeiro? Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem busca os certificados da área. Confira!

O que é guidance

Guidance, em português orientação, é um conjunto de informações que uma empresa disponibiliza ao mercado, no qual o foco é passar as projeções que o negócio possui.

Dessa forma, este é um meio que um negócio utiliza para transmitir o que projeta de crescimento através da análise de seus próprios dados.

Ou seja, esta é uma forma que a empresa que possui seu capital aberto na bolsa de valores tem de atrair investidores, pois além de apresentar projeções, esta prática também serve para passar credibilidade.

Portanto, é importante ficar atento às informações que aparecem neste documento e como estas podem ser úteis ao investidor.

Tipos de informações apresentadas

Entre os tipos de informações disponibilizados no guidance de uma empresa, é possível destacar cinco tipos de projeções. São elas:

  1. Faturamento e receitas futuras;
  2. Volume de vendas;
  3. Custos e despesas do negócio;
  4. Investimentos internos;
  5. Margem e lucros futuros.

Além disso, no guidance também tem utilidade no momento de analisar os indicadores financeiros de uma empresa, como, por exemplo:

  • Expansão;
  • Capacidade produtiva;
  • Fluxo de caixa descontado;
  • Evolução patrimonial.

Ainda vale destacar que no guidance também tem utilidade no momento de se realizar uma análise ampla sobre o negócio, considerando o setor em que a empresa atua e a economia de modo geral.

Dessa forma, como é possível perceber, este informativo é útil para que o investidor compreenda como anda a saúde financeira do negócio e como está o setor em que atua antes de realizar um investimento no mesmo.

Realização do guidance

O guidance é disponibilizado aos investidores, geralmente, dentro do balanço trimestral da empresa ou a demonstração financeira do negócio.

Todavia, tais informações podem ser apresentadas ao mercado de forma separada, algo que ocorre principalmente em situações em que a empresa deseja divulgar transações envolvendo o negócio.

Ainda vale reforçar que o guidance se trata de projeções acerca da empresa.

Dessa forma, é natural que estas informações sejam apresentadas de forma detalhada e clara ao investidor.

Junto disto, a cautela é outro fator relevante na construção destes dados, pois é necessário passar para o mercado que aquelas metas são realistas.

Além disso, tal divulgação também possui suas questões legais.

Assim, as empresas que divulgam essas informações buscam reforçar que tais perspectivas são formadas em circunstâncias específicas, sendo possível que aquele cenário não se confirme.

Portanto, é necessário que as empresas tomem uma série de cuidados no momento de formar e antes de disponibilizar seu guidance financeiro.

Afinal, equívocos no processo podem abalar tanto a credibilidade do negócio, quanto afetá-lo judicialmente.

Relevância do guidance para o mercado financeiro

Guidance: Saiba Mais Sobre Este Importante Relatório Financeiro

Como visto até aqui, os relatórios de guidance são formados com base nas projeções que uma empresa que negocia suas ações na bolsa de valores tem de si.

Assim, é natural que tenham grande impacto no mercado financeiro, afinal um dos “ativos” mais valiosos do segmento é ter capacidade de compreender o potencial de valorização de um negócio.

Dessa forma, este tipo de relatório financeiro tem a capacidade de fazer com que investidores mudem sua posição acerca de um negócio, pois, as expectativas do mercado tendem a mudam de acordo com as previsões apontadas.

Para ficar mais claro, imagine duas situações.

Em um primeiro contexto, a empresa apresentou um guidance com previsões abaixo das esperadas pelo mercado financeiro.

Tal cenário faria com que as perspectivas acerca do negócio fossem reduzidas, afetando diretamente o valor das ações daquele negócio.

Enquanto, em um segundo contexto, as projeções apresentadas são de um crescimento interessante e “realista” para o mercado.

Ou seja, este se tornaria um negócio mais interessante para os investidores, o que, provavelmente, aumentaria o valor das ações daquela empresa com o tempo.

Portanto, é possível entender este relatório como vantajoso para o mercado, assim se torna útil compreender mais a fundo o porquê disto.

Vantagens

Os relatórios de guidance trazem algumas vantagens para o mercado, sendo possível destacar três em especial. São elas:

  1. Qualidade da informação;
  2. Interesse;
  3. Risco.

Dessa forma, entender como este tipo de informação influencia nesses três tópicos é importante para quem deseja usar o guidance em sua jornada de investimentos.

Qualidade da informação

Como é um relatório divulgado pela própria empresa, é natural que uma das vantagens deste tipo de informação financeira seja sua qualidade.

O que não é à toa, pois são dados disponibilizados pela própria empresa, assim, caso a mesma tenha credibilidade, se tornam informações de relevância para o mercado.

Além disso, isso contribui de forma a reforçar as expectativas entre o mercado e a empresa.

Simultaneamente, aumentando o volume de informações acerca das finanças do negócio.

Interesse

Com o aumento de informações sobre a empresa e suas expectativas, a tendência é que, se os dados apresentados forem positivos, haja um aumento no interesse das ações daquele negócio.

Tal aumento no interesse pode vir tanto de investidores iniciantes, quanto de profissionais que trabalham no segmento.

Assim, este relatório é útil para a empresa no momento de atrair novos investidores e, consequentemente, conseguir maior capitalização.

Além disso, este crescimento de interesse devido ao relatório pode beneficiar, indiretamente, questões como volume de ativos negociados e liquidez das ações.

Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor

EBOOK GRATUITO | Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor?

Baixe o ebook gratuito para conhecer tudo sobre o CNPI e saber como esta certificação pode te ajudar a investir melhor!

Como a certificação CNPI pode te ajudar a investir melhor

EBOOK GRATUITO | A melhor maneira de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

Risco

Por fim, mas não menos relevante, os relatórios de guidance também interferem no risco de um investimento.

Afinal, com informações mais exatas acerca da expectativa sobre uma empresa, é possível ter uma noção de quanto risco o investidor estará enfrentando.

Assim, quando tal relatório é bem executado, as surpresas negativas tendem a ser menores, o que é uma vantagem para grande parte dos investidores.

Contudo, é importante reforçar a importância de se analisar o guidance com outros indicadores financeiros, como, por exemplo, a margem operacional de uma empresa.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas