P/Capital de Giro: saiba mais sobre este indicador financeiro

P/Capital de Giro: saiba mais sobre este indicador financeiro
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Existem diversas ferramentas para se encontrar bons ativos no mercado, sendo que utilizar tais recursos pode fazer toda diferença no sucesso que o investidor terá no mercado. Assim, compreender como funciona o P/Capital de Giro se torna uma tarefa útil para quem atua na área.

Afinal, o P/Capital de Giro é um indicador que busca apontar ativos com preços interessantes, não à toa é utilizada constantemente por profissionais que atuam em empresas como investment banking, por exemplo.

Atue profissionalmente no mercado financeiro! Acesse o Certifiquei e descubra os principais cursos preparatórios voltados para quem busca os certificados da área. Confira!

O que é o P/Capital de Giro

O P/Capital de Giro, ou P/C, é um indicador financeiro que busca avaliar o valor de ativos, para isto é realizada a divisão dos preços das ações do negócio com seu capital de giro.

Assim, é possível encontrar ativos com margem para crescimento, isto é, um bom negócio para se investir.

Dessa forma, é importante compreender que o capital de giro de uma empresa é formado pela subtração de seu ativo circulante menos seu passivo circulante.

Vale destacar que entre os ativos circulantes de uma empresa, é possível apontar:

  • Montante em dinheiro disponível no caixa;
  • Contas a receber;
  • Movimentações financeiras;
  • Investimentos;
  • Matéria prima.

Enquanto, os passivos circulantes de uma empresa pode ser:

  • Contas a se pagar;
  • Empréstimos e financiamentos com terceiros;
  • Dívidas com fornecedores.

Portanto, o índice do P/Capital de Giro é um indicativo útil no momento de avaliar o preço da ação.

Não à toa, saber interpretar os resultados possíveis é um passo relevante para quem deseja utilizar tal método.

Como interpretar

Inicialmente, vale destacar que este é um indicador que busca encontrar ativos que se valorizarão ao longo do tempo.

Dessa forma, é natural que seja um indicador frequentemente utilizado por investidores que usam a estratégias buy and hold.

Para se interpretar o resultado o P/C é importante compreender que este método tem mais eficiência quando utilizado na comparação do mesmo setor.

Assim, quanto maior o resultado do preço dividido pelo capital de giro, menos vantajoso o negócio pela lógica deste indicador.

Todavia, é necessário ressaltar que tal métrica possui algumas limitações.

A melhor forma de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO | A melhor maneira de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

Baixe o ebook gratuito e saiba como fazer sua transição de carreira para o Mercado Financeiro!

A melhor forma de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

EBOOK GRATUITO | A melhor maneira de fazer uma transição de carreira e entrar no Mercado Financeiro

Limitações do P/Capital de Giro

P/Capital de Giro: saiba mais sobre este indicador financeiro

Tal qual grande parte dos indicadores financeiros, o P/C é um indicador que ganha mais peso quando utilizado junto de outras métricas.

Isso porque o P/Capital de Giro possui algumas limitações, sendo possível destacar três. São elas:

  1. Limitações em períodos normais;
  2. Distorção entre empresas de setores diferentes;
  3. Distorção entre empresas de portes diferentes.

Em relação ao primeiro ponto, diversos investidores defendem que o P/C possui maior efetividade em períodos extraordinários, como guerras, desastres naturais, crises econômicas, entre outras.

Assim, é possível se encontrar, com maior facilidade, ativos subvalorizados com bom potencial de crescimento.

Além disso, o P/C também possui suas limitações no momento de se avaliar negócios de setores e porte diferentes.

Isso porque parte do contexto em que a empresa está inserida não é avaliado no indicador, acarretando um resultado distorcido.

Portanto, utilizar o P/Capital de Giro é útil para quem busca bons negócios, porém ao utilizar outros indicadores fundamentalistas o investidor conseguirá chegar mais próximo do valor intrínseco da ação analisada.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas