Preço Alvo: a importância da estimativa no investimento em ações

preco-alvo
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Ao iniciar a aplicação em ações, é natural que o investidor busque relatórios sobre as empresas que quer. Nesse contexto ele se depara muitas vezes com o preço alvo para cada ação.

Dessa maneira, entender de onde vem e para que serve o preço alvo no momento de realizar seus investimentos é primordial.

O que é preço alvo?

O preço alvo de uma ação nada mais é do que uma estimativa que os analistas de valores mobiliários calculam, com vistas a prever qual é o potencial de cada empresa negociada na bolsa de valores.

Assim, o seu principal objetivo é saber qual será o potencial de valorização ou desvalorização de um ativo.

No caso do preço projetado maior do que o preço corrente, o analista indica a compra e, quando o preço alvo é menor, como a ação tende a se desvalorizar, segundo o analista, o investidor fica fora ou entra vendido.

Como o preço alvo é calculado?

Para calcular o preço alvo o analista utiliza a análise fundamentalista, mais especificamente, o fluxo de caixa descontado

Esse método consiste em estimar o fluxo de caixa da empresa para os próximos anos e, posteriormente, descontá-los a uma taxa de juros para chegar ao valor futuro da empresa e, consequentemente, o lucro da empresa hoje.

Após estimar o valor, ele o compara com o preço de mercado e define qual estratégia adotar.

Trabalhe no mercado que mais cresce e remunera no Brasil! Conheça os cursos do Certifiquei e se qualifique para atuar no mercado de capitais!

Desvantagens de Preço alvo

Saber o preço alvo de um ativo, principalmente quando ele é estimado via fluxo de caixa descontado é um excelente caminho para decidir em qual empresa investidor.

Entretanto, alguns fatores devem ser considerados:

  • Experiência do analista e da casa de análise
  • Economia e política
  • Como a empresa se comporta diante dos consumidores

Dessa maneira, ciente desses componentes é necessário que investidores e analistas unam a metodologia de cálculo com a sua experiencia prévia no mercado financeiro.

Como o preço alvo é utilizado pelos investidores?

Assim que a análise fundamentalista é realizada, o investidor recebe o price target e a partir disso se inicia a decisão ou não de investimento.

Nesse cenário, o investidor irá comparar o preço alvo da ação com as cotações de mercado e, dessa forma, definirá se ela está cara ou barata.

Assim, no caso de um preço alvo de R$ 15,00 para uma ação que tem cotação de R$ 10,00, o investidor tem um potencial de retorno de 50% dentro do período estipulado pelo analista para que a ação chegue ao preço estimado.

Com a recomendação em mãos, o investidor precisa entender que o price target vale até o momento em que a ação chega ao valor estimado, sendo necessária nova análise após esse evento.

Divergências de preço alvo

No momento de analisar a coerência do preço alvo, o investidor deve se lembrar que essa estimativa tem impacto da:

  1. Experiência do analista
  2. Questões subjetivas a cada analista
  3. Impacto de possível concorrência
  4. Regulação estatal

Assim, em virtude, principalmente, da subjetividade particular a cada analista de valores mobiliários, a definição de um preço alvo para uma ação pode apresentar inúmeras respostas, sem que uma única seja a verdadeira.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas