Plano de carreira AAI: como se tornar um agente autônomo

plano-de-carreira-aai
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Para alcançar um caminho profissional alinhado com as expectativas e sonhos, é primordial um planejamento, que vai desde mapear suas habilidades até seus obstáculos. Nesse sentido, montar um plano de carreira é a chave para o sucesso do seu planejamento.

Um plano de carreira bem formulado tende a reduzir as chances de erros durante as escolhas da vida profissional e da empresa em que deseja trabalhar. Assim, principalmente para aqueles que desejam seguir a carreira de AAI, o planejamento é fundamental.

O que é um plano de carreira?

O plano de carreira, em linhas gerais, é o caminho pelo qual um funcionário pode trilhar dentro de uma organização. Entretanto, esse conceito pode ser difundido para que cada um possa planejar e desenvolver seu plano, sem que isso esteja amarrado a uma empresa específica.

Nesse sentido, para alcançar sucesso profissional entender quais são as habilidades, certificações e formação necessárias ao alcance desse objetivo é o primeiro e o mais importante passo.

Para aqueles que desejam se tornar Agentes Autônomos de Investimento, o plano de carreira é essencial, uma vez que a depender da sua colocação atual, essa mudança será drástica, uma vez que essa profissão tem a sua remuneração de forma variável.

Importante lembrar, que para ser AAI um dos pré-requisitos é a certificação da Ancord. Além disso, é primordial ter ensino médio completo e espírito empreendedor, uma vez que você será verdadeiramente dono e responsável pelo sucesso profissional.

Como fazer um plano de carreira?

Montar um plano de carreira para guiar o caminho profissional passa basicamente por 5 etapas:

  1. Alinhar seus objetivos com a forma com a empresa pensa e guia seus funcionários
  2. Potencializar as características e habilidades essenciais a carreira que deseja seguir
  3. Estabelecer metas de curto, médio e longo prazo
  4. Reavaliar constantemente como está o plano, uma vez que ele pode se moldar de acordo com o desenvolvimento da carreira
  5. Realizar, principalmente no caso de AAI, treinamentos e estudos constantes a respeito do mercado em que está inserido.

Pensando na carreira de AAI, existem pontos fundamentais e que devem ser mapeados, de acordo com as etapas descritas acima. Nesse sentido, deve-se entender que um AAI precisa, além da certificação da Ancord:

  • Visão empreendedora, isto é, você deve ter como objetivo de vida ter as benesses e as dificuldades inerentes ao empreendedorismo;
  • boa rede de contatos e habilidade comercial, são as principais características a serem potencializadas, caso queira seguir esse caminho profissional
  • Estipular as metas para chegar ao cargo de AAI sênior, o que demanda crescimento da carteira, o qual deve ser planejado de forma coerente com as expectativas do mercado e suas habilidades
  • Revisar constantemente a carteira e se você está perto de alcançar a meta estipulado para o período;
  • Conhecimento além do básico acerca do mercado financeiro, uma vez que vai atuar de forma consultiva, tendo muitas vezes que explicar o que está acontecendo na economia, os riscos dos produtos entre outros.

Dessa forma, após pontuar todas as etapas e criar, seja via Busness Model Canva ou até mesmo uma análise Swot, o seu plano de carreira, é hora de colocar em prática o seu planejamento.

Trabalhe no mercado que mais cresce e remunera no Brasil! Conheça os cursos do Certifiquei e se qualifique para atuar no mercado de capitais!

Tipos de plano de carreira 

Montar um plano de carreira que seja coerente com seus objetivos e habilidades é o grande passo para alcançar crescimento profissional. Nesse contexto, existem diversos caminhos a se seguir dentro das empresas.

Entre esses caminhos, a depender da estrutura hierárquica e a forma como a empresa funciona, o funcionário irá se deparar com os seguintes planos de carreira:

  1. Plano de carreira em Y, como forma de reconhecimento a empresa disponibiliza dois caminhos para o funcionário;
  2. Plano de carreira em W, é aquele onde a empresa permite a escolha de três caminhos a seguir dentro da organização, sendo um deles um cargo de gestão;
  3. Plano de carreira em linha, comum em cargos militares e do serviço público;
  4. Plano de carreira horizontal, empresa sem nível hierárquico costumam utilizá-lo;
  5. Plano de carreira paralela, muito utilizado em programas de trainee para desenvolver lideranças;
  6. Plano de carreira em rede; o que mais se assemelha ao modelo de AAI, uma vez que é possível escolher dentre um leque de opções como a sua carreira irá se desenvolver.

Importante pontuar, que um AAI tem a liberdade, conforme delimita o plano de carreira em rede, de atuar dentro dos três níveis (Junior, Pleno e Sênior), além da possiblidade de atuar na mesa de operações e, até mesmo, se tornar sócio do escritório em que atua.

5 motivos para se tornar um Agente Autônomo de Investimentos

EBOOK GRATUITO | 5 motivos para se tornar um Agente Autônomo de Investimentos

Baixe o ebook gratuito e descubra as vantagens de ser um Agente Autônomo de Investimentos

5 motivos para se tornar um Agente Autônomo de Investimentos

EBOOK GRATUITO | 5 motivos para se tornar um Agente Autônomo de Investimentos

Importância do plano de carreira no sucesso profissional

Delimitar um caminho profissional consistente, aderente as suas expectativas e que esteja de acordo com o que se espera também no âmbito pessoal é essencial para uma carreira de sucesso.

Dessa maneira, um planejamento de carreira bem estruturado permite, tanto a empresa quanto ao profissional, entender o que é necessário para assumir um cargo ou ser promovido, além de demonstrar transparência no que versa a forma como ocorrem os processos seletivos.

Soma-se a isso, no caso de empresas mais tradicionais, a valorização dos funcionários, aumento de produtividade e a evolução do profissional e que permite reduzir a rotatividade de funcionários.

Para a carreira de um AAI, delimitar o plano é primordial para o crescimento profissional, visto que se trata de um modelo de atuação pautado no empreendedorismo. Dessa forma, além de tudo o que foi abordado no artigo, existem mais alguns pontos primordiais para se tornar AAI.

Dentre esses pontos, montar uma reserva de emergência que faça frente as despesas de pelos menos 6 meses e, no melhor dos casos, 12 meses irá garantir tranquilidade para a atuação, uma vez que montar uma carteira de clientes pode ser um processo complexo e que demanda tempo.

Assim, a combinação de um plano de carreira pautado em estabelecer objetivos, elevada capacitação, entendimento de mercado e definição de metas de curto, médio e longo prazo, com uma boa reserva de emergência, são garantia de sucesso profissional

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas