Serasa: entenda o que é e como manter o nome limpo

Serasa: entenda o que é e como manter o nome limpo
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Muitas pessoas se envolvem em complicações financeiras ao fazer dívidas e não conseguir pagá-las. Mas isso deve causar preocupação com a reputação financeira, especialmente porque ao não pagar suas contas a pessoa fica inadimplente e seu nome vai para a Serasa.

Para compreender esse processo, é necessário entender o que é a Serasa e porque o nome pode ficar sujo. Além disso, esse é o órgão responsável pelo score de crédito, ou seja, a nota que você tem no mercado de crédito. 

  1. O que é a Serasa
  2. Qual a função da Serasa?
  3. Diferença entre Serasa e SPC
  4. Como consultar nome na Serasa?
  5. O que pode sujar o nome de alguém nos órgãos de proteção ao crédito?
  6. Como limpar o nome no Serasa?
  7. Como aumentar a pontuação no score?

  8. O que é a Serasa?

    A Serasa é uma empresa que faz parte de um banco de dados sobre a vida financeira dos consumidores brasileiros. Além disso, é conhecida pela população por ter a lista de nomes e CPFs relacionados às dívidas vencidas dos titulares. 

    Sua fundação tinha como objetivo principal a padronização de formulários para que as decisões bancárias fossem mais rápidas com os dados disponíveis e centralizados. 

    Ao longo dos anos esse serviço se modernizou e incluiu outras frentes de atuação. Assim, hoje oferece diversos serviços ao consumidor que incluem acesso ao histórico de pagamentos, educação financeira, acesso para regularização do nome, entre outros. 

    O nome Serasa é formado pelas iniciais de Serviços de Assessoria S.A, e foi criado pela FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) em 1968 através da colaboração de diversos bancos. 

    A Serasa pode ser reconhecida como um birô de crédito, já que tem dados cedidos por instituições financeiras, bancos e lojas reunidos para que sirvam de suporte de crédito aos negócios brasileiros. Mas sua definição principal é um órgão de proteção ao crédito. 

    Hoje é conhecida como Serasa Experian porque foi comprada, em 2007, pelo grupo de empresas holandesas Experian, assumindo o controle da empresa. 

    Com essa aquisição, a Serasa é a principal unidade de negócios na América Latina do Grupo Experian, e se torna uma companhia privada de análise de crédito referência para outras do segmento. 

    A Serasa atua com pessoas físicas, jurídicas e grandes empresas. Além de ser considerada uma referência em análise de crédito e fornecimento de dados para decisões que precisam desses dados (cartão de crédito, empréstimos, financiamentos, entre outros). 

    Uma das funções mais importantes é que com esse tipo de empresa, o risco de inadimplência diminui e o sistema financeiro funciona de forma mais fluída e com menos riscos para quem concede crédito. 

    Qual a função da Serasa?

    Serasa: entenda o que é e como manter o nome limpo

    A primeira e principal função da Serasa é manter um grande banco de dados com nomes e empresas que possuem inadimplência financeira. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a Serasa não faz a negativação dos nomes dos consumidores.

    Mas sim coleta dados e mantém nos seus cadastros os registros de dívidas não pagas, cheques sem fundos e outros tipos de dívidas realizadas pelos brasileiros. Assim, bancos e lojas pagam um valor mensal e têm acesso ao banco de dados da Serasa. 

    Através desse acesso, as instituições têm acesso aos dados e antes de fornecer crédito a alguém analisa se aquela pessoa já não tem dívidas em atraso com outras instituições. Quem tem o nome nesse banco de dados dificilmente tem acesso a aprovação de crédito, mas pode conseguir caso pague a dívida em atraso e o nome é excluído da Serasa.


    Já pensou em ser um profissional do mercado financeiro? Conheça os cursos do Certifiquei!   

    Outras funções da Serasa

    Apesar do cadastro de inadimplentes ser o serviço mais conhecido da Serasa, essa empresa também atua em outras áreas que auxiliam o serviço de crédito, como:

        • Certificação digital
        • Soluções antifraudes
        • Cadastro positivo
        • Serviço Limpa Nome 

    O certificado digital é usado pelas empresas e pelos consumidores para emitir notas fiscais por via eletrônica, e funciona como uma garantia de veracidade da assinatura eletrônica. Assim, diminui a burocracia porque não é necessário realizar o reconhecimento de firma em cartórios. 

    Já o serviço de antifraude é importante porque os consumidores podem acompanhar seu CPF e saber se foi usado em alguma fraude ou foi consultado por alguma empresa. 

    Outro serviço importante da Serasa é o cadastro positivo, que é um banco de dados que registra a vida financeira mensal dos consumidores. Também conhecido como cadastro de bons pagadores, é benéfico tanto para instituições quanto para as pessoas. 

    E, por último, o serviço Limpa Nome permite que os consumidores possam consultar virtualmente se possuem alguma pendência financeira com alguma empresa. Através do Limpa Nome também é possível negociar as dívidas e quitar os pagamentos em aberto. 

    Score de crédito 

    O score é um índice criado pela Serasa que mensura o comportamento financeiro do consumidor. Ou seja, tem uma numeração mínima e máxima que representa o quão bom pagador é essa pessoa. 

    A pontuação da Serasa tem um indicador é medido de 0 a 1000 e quanto maior essa numeração, maior a probabilidade de um consumidor pagar suas contas em dia. Esse índice é mensurado através do histórico de pagamento, e pode ser analisado da seguinte forma: 

      • Pontuação até 299: alto risco de inadimplência
      • Entre 300 e 699 pontos: médio risco de inadimplência por parte do consumidor
      • Pontuação acima de 700: baixo risco de inadimplência 

O score de crédito pode ser considerado uma forma de avaliação que dá as melhores notas aos melhores pagadores, assim como em outros sistemas de avaliação. A “nota” mais indicada é perto de 1000, e para isso é importante manter a saúde financeira em dia. 

Essa pontuação leva em conta se aquele determinado consumidor consegue honrar seus compromissos financeiros pelos próximos 12 meses. Por isso, o sistema do score analisa todas as dívidas do consumidor e leva em conta seus hábitos de pagamento. 

Justamente pela sua importância e pelo compromisso em fazer uma boa análise dos hábitos de cada consumidor, muitas instituições de diferentes segmentos consultam a Serasa Score para saber se é seguro liberar ou não crédito para o solicitante. Alguns exemplos de empresas que consultam o score são: 

      • Bancos e instituições financeiras
      • Construtoras
      • Financiamentos estudantis
      • Seguradoras

Para quem deseja saber se o score está bom ou precisa melhorar, ou até descobrir se o nome está negativado, a consulta é simples e pode ser feita de forma gratuita no site da Serasa, que é: serasa.com.br/score. Outra opção é o aplicativo que está disponível para android e IOs e pode facilitar essa consulta. 

Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro

EBOOK GRATUITO | Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro?

Baixe o ebook gratuito para conhecer as principais certificações do Mercado Financeiro e saber tudo sobre a profissão de Consultor Financeiro

Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro

EBOOK GRATUITO | Qual a melhor certificação para me tornar Consultor Financeiro?

Diferença entre Serasa e SPC

O SPC e a Serasa têm como semelhança o fato de que são órgãos de proteção de crédito e mantêm um banco de dados com informações de pessoas que devem no Brasil. Ambos, também, estão regulamentados no Código de Defesa do Consumidor.

Porém, a principal diferença entre os dois órgãos é que enquanto a Serasa tem um foco maior em dívidas bancárias, o SPC tem dados mais focados nos devedores do comércio. Outra diferença é que enquanto o SPC pertence à CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e a Serasa ao Grupo Experian. 

Outros pontos em que os órgãos têm de diferença são:

      • Coleta de dados
      • Informações
      • Taxas
      • Sistema

Enquanto no SPC a coleta de dados é feita com os lojistas credenciados, a Serasa tem suas informações fornecidas por bancos e instituições financeiras. O SPC tem informações de consumo relacionadas com o comércio e distribuidores de água e energia.

Já a Serasa monitora o consumo com os bancos e instituições financeiras, especialmente as dívidas do cartão de crédito, atraso no pagamento de financiamentos e cheques sem fundo. 

As taxas também mudam. A consulta na Serasa é gratuita, enquanto o SPC cobra uma taxa para cada pesquisa feita de forma virtual. 

E, por último, o sistema de ambos os órgãos é abastecido de formas diferentes. O sistema do SPC é alimentado pelos dados fornecidos pelos lojistas, mas a Serasa armazena informações negativas de pessoas e empresas com dívidas vencidas. 

Como consultar nome na Serasa?

A consulta à Serasa pode ser feita por toda pessoa consumidora de forma gratuita pelo site oficial da empresa, através da aba “consultar CPF grátis”. 

Ao preencher com o número do CPF, o consumidor deve preencher os dados solicitados na próxima aba e após esse processo, tem acesso ao score de crédito além de informações sobre o histórico financeiro. 

Outra opção é consultar o nome na Serasa através do celular, com o aplicativo “Serasa” disponível para Android e iOS. 

Assim como a consulta feita pelo computador, é preciso informar o CPF e clicar em consultar para ir para a página de cadastro. Após a efetivação do cadastro, é possível acessar a situação financeira e quais dívidas estão abertas em seu nome. 

Essas informações auxiliam tanto a consultar o nome sujo, quanto os inadimplentes para que melhore a sua gestão financeira. 

Outra opção de consulta de nome à Serasa é através dos postos de atendimento, especialmente para quem não tem fácil acesso à internet ou tem dificuldade para lidar com as novas tecnologias. 

Através do site oficial da Serasa, é possível descobrir qual o posto de atendimento mais perto.


Se qualifique para atuar no mercado financeiro com os cursos do Certifiquei e escolha mudar sua vida profissional! 

 

Quanto tempo o nome fica na Serasa?

Quando uma pessoa se torna inadimplente, o nome fica listado na Serasa por 5 anos. Após esse período, o nome volta a ficar legível para crédito.

Mas, ao contrário do que muitos dizem, a dívida não caduca, ou seja, ela continua existindo com a instituição que detém a dívida e só é quitada através do pagamento que pode ser feito no limpa nome ou diretamente com a instituição. 

O que pode sujar o nome de alguém nos órgãos de proteção ao crédito?

Para ter acesso a serviços de crédito é importante ter o nome limpo e uma vida financeira saudável. E justamente para ter controle financeiro e manter sempre o nome limpo, é importante saber o que causa a negativação e inadimplência do nome. 

Por isso, saiba as causas mais comuns que causam inadimplência e como evitá-las:

Negativação 

Essa é a principal causa de restrição no mercado. Isso acontece quando uma empresa notifica a Serasa ou outros birôs de crédito sobre a ausência de pagamento de uma dívida. 

Alguns casos mais comuns são conta de água, energia e telefone. Mas também acontece com parcelas de prestação de carro, geladeira, empréstimo e financiamento. O não pagamento dessas dívidas tem impacto negativo e torna o devedor sem credibilidade no mercado de crédito. 

Participação em falência 

A falência ocorre quando uma empresa não consegue quitar suas dívidas ou pagá-las em dia. Isso ocorre em processos judiciais e geralmente a pedido dos credores da empresa. 

No caso do dono ou sócios da empresa, essa situação interfere no score porque há uma probabilidade grande dos sócios criarem novas dívidas para cumprirem com as obrigações financeiras da empresa. 

Cheque sem fundo 

Um fator que pode sujar o nome é utilizar um cheque sem fundo para pagamento de bens e serviços. Essa forma de pagamento, se utilizada sem ter condição de pagar, denota ao mercado de crédito ausência de controle financeiro. 

Protesto 

Quem efetua uma compra em qualquer estabelecimento e não consegue pagar, corre o risco de ter seu nome protestado. Isso porque o dono do estabelecimento pode ir ao cartório e protestar o seu nome. 

Isso entra no seu histórico de pagamento e pode, sem dúvidas, negativar o seu CPF na Serasa, além de diminuir a confiança do mercado de crédito no seu histórico de pagamento. 

Ação Judicial 

Isso acontece quando o nome de alguém acaba na justiça por conta de uma dívida. Especialmente em caso de dívidas entre conhecidos, o detentor da dívida pode acabar com o nome na justiça para ser intimado a pagar e cumprir a obrigação financeira. 

Como limpar o nome na Serasa?

Serasa: entenda o que é e como manter o nome limpo

Primeiro é preciso saber se seu nome está entre os negativados. Por isso, o primeiro passo é monitorar o CPF. Assim, você fica de olho e confere se está tudo bem com seu nome e seu score.

Mas, caso você já esteja negativado, é possível limpar o nome através da Serasa Limpa Nome e verificar se você tem acesso a algum desconto que possa te ajudar a quitar a dívida em questão. 

Manter o score alto também ajuda. Isso porque quem tem o score baixo, normalmente, tem dívidas em aberto ou em atraso. 

Caso você consulte seu CPF e perceba que seu score está muito baixo, é importante buscar formas de limpar o nome para ser considerado um bom pagador e garantir o aumento do score. 

Para limpar o nome na Serasa o consumidor precisa, primeiramente, consultar seu CPF no site. Assim, caso o nome esteja sujo, o site da Serasa indica quais são as dívidas em aberto. 

Caso tenha dívidas em aberto, geralmente as empresas oferecem opções de pagamento que tendem a ter melhores condições (em relação à juros e parcelamento) para o consumidor quitar a dívida. Esse processo se chama troca de dívida. 

Assim, o consumidor pode escolher entre as opções de troca de dívida e efetuar o pagamento das dívidas de acordo com a sua disponibilidade financeira. Esse é o passo principal para limpar o nome na Serasa. 

Serasa e o consumidor 

A Serasa tem um papel importante na intermediação e negociação de dívidas de devedores e credores e traz soluções para que a resolução seja feita de forma facilitada e com benefício para ambos os lados. 

A maioria dos negócios e comércios consultam o score do consumidor para entender qual sua relação com as dívidas e se ele tem o histórico de bom pagador, por isso a importância de manter o nome limpo e o score em dia. 

Por isso é indicado manter uma boa saúde financeira, ou seja, as finanças em dia e as dívidas pagas dentro do prazo para evitar o nome sujo na Serasa. 


Já pensou em atuar em uma das áreas com mais oportunidades? Esteja preparado para atuar no mercado financeiro com os cursos do Certifiquei! 

Como aumentar a pontuação no score?

O score é uma pontuação que aumenta gradativamente de acordo com os hábitos financeiros de uma pessoa. Ou seja, não é algo comprado e nem instantâneo, mas sim gradativo. 

E a explicação é simples: já que o score é um monitoramento de comportamento financeiro, esse sistema precisa de tempo para absorver as informações e criar essa pontuação para cada pessoa. 

Dessa maneira, se você quer aumentar seu score, você pode adotar um conjunto de medidas que vão te fazer aumentar sua nota e te ajudar a ter um bom acesso ao mercado de crédito, que são:

    • Limpar o nome na Serasa
    • Ter um bom planejamento financeiro
    • Pagar as contas em dia
    • Ativar e manter o cadastro positivo
    • Manter os dados atualizados na Serasa<

Dicas para aumentar o score 

A primeira dica é, justamente, manter o nome limpo na Serasa. Se você tem o nome limpo, isso significa que você paga as contas em dia e tem o histórico de bom pagador. Dessa forma, se você tem alguma dívida em atraso, é importante pagar o quanto antes para limpar seu nome. 

Uma das opções é ficar atento ao “Feirão Serasa Limpa Nome”, que são eventos feitos pela Serasa que possibilitam pagar as dívidas com até 90% de desconto a depender da situação. É uma ótima oportunidade para quem está endividado voltar a ter o nome limpo. 

Mas, apesar disso, o score não aumenta automaticamente com o pagamento das dívidas em atraso. O sistema considera um tempo para reavaliar os hábitos financeiros e, aí sim, aumentar gradativamente sua pontuação. 

Outra dica de ouro é fazer o planejamento financeiro. Ter tudo na ponta do lápis, sejam os gastos ou ganhos, faz com que o consumidor evite novas dívidas ou as faça com consciência se pode pagar ou não. 

É até mais indicado pagar as dívidas à vista para evitar o risco do endividamento e poder tentar garantir um bom desconto. Além disso, pagar a fatura total do cartão de crédito em vez de parcelar também é melhor, para evitar os altos juros do cartão. 

Para quem não é pontual no pagamento das contas e acaba se esquecendo das datas, é importante deixar em algum sistema que faça isso por você, como o débito automático. 

Pagando as contas em dia, o sistema entende que você é um bom pagador e essa é uma das características para que o sistema do score aumente sua pontuação ao longo do tempo. 

Cadastro positivo

O cadastro positivo é o registro de hábitos de consumo de alguém e, assim, auxilia as empresas a ter uma avaliação e tomar a decisão de liberar ou não crédito a um solicitante.

Nesse cadastro há informações diversas como valor total financiado, parcelas e, por isso, coloca em cheque a pontualidade e compromisso financeiro do consumidor. Quanto mais tempo você tem dívidas, mais informações vão constar no cadastro positivo.


Já pensou em mudar sua vida profissional? Conheça os cursos do Certifiquei e se qualifique para atuar em um dos mercados com mais oportunidades: o financeiro!   

Dados atualizados na Serasa  

A última dica, porém não menos importante, é manter os dados pessoais atualizados no site da Serasa. Isso porque, mantendo os dados atualizados, o cadastro se torna mais confiável para quem consulta esses dados. 

Informações importantes devem sempre estar atualizadas para não haver divergência. Alguns exemplos de dados são o endereço, telefone, email e estado civil. Caso tenha alguma divergência, é possível alterar pelo site ou em uma agência da Serasa. 

Uma dica extra para quem deseja ter um bom histórico de pagamento é pedir crédito conscientemente.

Isso significa que, se muitas empresas estão consultando seu nome, o sistema pode entender que você está em busca de crédito de forma desesperada e não pensada, e isso pode levar à queda do seu score. 

Porém não é preciso se manter preocupado de forma extrema com isso. Caso as operações de crédito não sejam efetivadas, o sistema “devolve” a sua pontuação e seu score volta para o mesmo número que antes. 

A Serasa é muito conhecida pela maioria dos consumidores, especialmente os negativados. Mas essa é uma empresa que presta serviços tanto para o consumidor quanto para os credores e, por essa razão, é tão importante para a vida financeira dos brasileiros. 

 

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas