Contabilidade: qual sua importância para o mercado financeiro?

Contabilidade
Share on twitter
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Considerada uma ciência de suma importância, a contabilidade é essencial para diversos segmentos. Afinal, oferece assertividade e colabora para o crescimento de empresas e profissionais dos mais variados ramos.

Dentro de um determinado patrimônio, todas as movimentações existentes são contabilizadas e passam pelos olhos da contabilidade. A partir disso, pode-se ter uma ideia mais aprofundada sobre a importância e a necessidade desse sistema em um ambiente corporativo.

O que é contabilidade?

Contabilidade é a ciência exata que visa estudar todas as movimentações patrimoniais de um indivíduo ou organização. Tais patrimônios incluem:

  • bens;
  • direitos;
  • obrigações.

Através dela é que todas as informações necessárias são fornecidas para que haja uma tomada de decisões muito mais assertiva e eficaz. O contador que realiza os cálculos precisa, sem dúvidas, ter embasamentos sólidos e exatos para explicar todos os resultados.

Qual a maior importância da contabilidade no mercado financeiro?

A contabilidade no mercado financeiro tem, certamente, um impacto profundo. É correto afirmar que a contabilidade é fundamental para que se garanta a ordem econômica, bem como integridade no mercado de capitais.

Com relação ao mercado de ações e contabilidade, também há um grande impacto causado pela profissão quando bem executada.

Dessa maneira, a relação entre a contabilidade e o mercado financeiro é de constituir uma documentação técnica que ofereça as informações necessárias para que sejam tomadas decisões mediante dados sólidos, assim como os cálculos executados.

Ademais, muitos participantes do mercado de capitais utilizam as informações da contabilidade financeira no mercado de capitais para tomarem decisões sobre os investimentos presentes e futuros.

Até mesmo porque se arriscar em um investimento sem ter o auxílio de uma contabilidade adequada, certamente, pode ser um grande erro, já que este também é o papel do contador no mercado financeiro.

Como o profissional formado em contabilidade pode atuar no mercado financeiro?

Antes de algum indivíduo decidir entrar para o mercado financeiro, é preciso ter em mente se ele realmente se agrada de realizar funções que exigirão conhecimentos avançados sobre 5 aspectos principais:

  1. cálculos;
  2. legislação;
  3. números;
  4. visão estratégica;
  5. conhecimento de investimentos.

Além disso, independente do momento em que uma empresa se encontra, a pessoa formada em Ciências Contábeis deve estar presente, prestando os conhecimentos adquiridos, seja em um momento bom ou ruim.

Ademais, toda empresa necessita de um profissional capacitado para executar tais ações.

Um exemplo da enorme complexidade que a área contábil possui é o fato de um contador investidor precisar, também, entender um pouco sobre ciências e até mesmo sobre argumentações.

Afinal, é preciso constantemente realizar:

  • demonstrações;
  • análises;
  • debates;
  • argumentações.

Contudo, a contabilidade é uma das profissões de um mercado que está cada vez mais em expansão, já que o contador pode atuar no mercado financeiro e em muitas outras áreas.

Por isso, esses profissionais estão buscando cada vez mais uma educação financeira adequada, através de cursos poderosos, para decolar em suas carreiras e objetivos pessoais.

Como se formar em Ciências Contábeis?

Para adentrar no mundo das finanças, a área da contabilidade precisa ser encarada. Dessa maneira, o estudante precisa ter conhecimentos vastos em Direito, Administração, Economia, Planejamento Estratégico, Matemática, entre outros.

O mercado de trabalho para quem se forma em contabilidade é muito amplo. Afinal, é uma profissão cada vez mais em evidência nos dias atuais. Porém, é preciso estar receptivo às imensas cobranças, responsabilidades, pressões e compromissos.

Ademais, para um indivíduo atuar como um profissional contábil, independente do segmento, ele precisa acompanhar constantemente as atualizações do mercado financeiro, bem como do cenário econômico do mundo como um todo.

Dessa maneira, o recém-formado deve, primeiramente, passar por um exame que garante o registro no CFC (Conselho Federal de Contabilidade).

O CFC divulgou informações profundamente interessantes, já que são mais de 520 mil profissionais distribuídos nas áreas:

  • ambiental;
  • previdenciária;
  • financeira;
  • fiscal;
  • hospitalar;
  • hoteleira;
  • contabilidade especializada em bolsa de valores.

Principais certificações recomendadas para o profissional da área de contabilidade ingressar no mercado financeiro

A contabilidade financeira é um dos ramos de maior procura por profissionais recém-formados ou por aqueles que estão procurando mudar o ramo de atuação e se especializar em algo que realmente lhes desperte interesse e paixão pela profissão.

Com tantas opções disponíveis no mercado, para ingressar no mercado financeiro, é preciso ter determinadas atribuições que farão a diferença. Alguns exemplos estão explicados em seguida.

1. CPA-10

Dentro do mercado financeiro, a certificação CPA-10 é indicada para todos os profissionais que atuam dentro do ramo de distribuição de produtos de investimentos. Os locais de atuação, por exemplo, podem ser agências bancárias ou plataformas de atendimento.

2. CNPI

É indispensável para os profissionais que atuarão ou atuam dentro do mercado financeiro. Essa sigla significa Certificação Nacional do Profissional de Investimento.

É obrigatória para todos que atuarão como analista de valores, porém no setor mobiliário.

3. CPA-20

A certificação CPA-20 é destinada a todos os profissionais que trabalham em instituições financeiras como um todo, mesmo aquelas que não aderiram ao Código de Certificação.

4. CFP

A CFP é a certificação de maior importância para quem deseja trabalhar como um planejador financeiro profissional. Além disso, também é muito indicada para todos os profissionais que desejam expandir os conhecimentos já adquiridos e, assim, aumentar as possibilidades de crescimento.

Quer trabalhar no mercado financeiro? O Certifiquei oferece os melhores cursos preparatórios para você tirar a sua certificação. Confira! 

Contador pode ser consultor financeiro?

Uma das maiores dúvidas em relação ao mercado financeiro e o profissional da contabilidade é se, de fato, um contador pode ser consultor financeiro. A resposta para essa pergunta é positiva.

Ademais, um contador geralmente possui conhecimentos avançados sobre cálculos e demais assuntos relacionados à contabilidade.

Dessa forma, tende a ter muito mais facilidade em compreender os conteúdos abordados dentro do ramo de consultor financeiro e, assim, garante maior expansão na carreira profissional, maior conhecimento sobre assuntos variados e será um profissional fortemente preparado para fazer com que os clientes sigam pelo melhor caminho.

Importante ressaltar que é necessário ter a certificação correta para atuar como um consultor financeiro e, assim, garantir segurança e reforçar a seriedade quanto profissional.

De qualquer maneira, é muito indicado um contador se tornar consultor financeiro, já que possui grandes conhecimentos que podem ser somados. Além disso, oferece uma tranquilidade adicional para quem contrata os seus serviços, já que mostra que possui conhecimentos diferenciados e profundos sobre contabilidade.

Guilherme Almeida
Guilherme Almeida
Bacharel em Economia e Especialista em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais pelo Ibmec-MG. Mestrando em Estatística pela UFMG, atua como professor, palestrante e porta voz das áreas de economia e finanças, tendo concedido mais de mil entrevistas para os principais meios de comunicação. Atualmente, leciona matérias ligadas à Economia e ao Mercado Financeiro em cursos preparatórios para certificações financeiras, além de ser o Economista-Chefe do departamento de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG).

relacionadas